inclusão de arquivo javascript

Esportes

 
 

Delegado é o novo presidente da federação mineira

21 de fevereiro de 2003 13h25

Rio - O delegado aposentado da polícia civil e ex-deputado estadual, Paulo Schettino, assumiu na manhã desta sexta-feira a presidência da Federação Mineira de Futebol (FMF), em substituição a Elmer Guilherme, afastado por decisão judicial sob a acusação de apropriação indébita, formação de quadrilha, falsificação de documentos e desvio de R$4 milhões.

Paulo Schettino era o vice-presidente de Elmer Guilherme. O estatuto da FMF estabelece que, com o afastamento do presidente, ele seja efetivado, o que ocorreu nesta manhã.

"Minha primeira medida será um diagnóstico geral na entidade", declarou Schettino, anunciando que uma auditoria será feita imediatamente.

O novo presidente causou surpresa ao declarar que nunca participou, efetivamente, da administração da FMF.

"Não encontro com o Elmer há mais de um ano e não tenho conhecimento de nada o que se passou na Federação nos últimos anos", garante ele, cujo mandato vai até 30 de dezembro de 2004.

Além de Elmer Guilherme, foram afastados da FMF por decisão judicial o secretário geral José Guilherme Ferreira Filho e o tesoureiro Paulo Alves de Assis. Outros oito funcionários da entidade também são acusados dos mesmos crimes pelo Ministério Público de Minas.

A Polícia Federal também investiga irregularidades administrativas da FMF e deve finalizar dentro de três um inquérito. As acusações: sonegação fiscal, evasão de divisas, prevaricação, entre outras.

Lancepress!