inclusão de arquivo javascript

Esportes

 
 

Polícia Federal deve indiciar Ricardo Teixeira e Farah

07 de março de 2003 18h24

Rio - O Departamento da Polícia Federal em Minas Gerais pedirá o indiciamento do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, e do presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Eduardo Farah, às polícias do Rio de Janeiro e de São Paulo.

O delegado Paulo Machado, autor do requerimento, também quer que a Rede Globo e a Coca-Cola sejam investigadas por envolvimento com os cartolas em crimes contra o sistema financeiro e evasão de divisas.

Segundo Machado, tanto Coca-Cola quanto a Globo podem ter participado de empréstimosfeitos pela FPF á Federação Mineira de Futebol (FMF) para cobrir gastos com a Copa Centenário, realizada em Belo Horizonte, em 1997.

Existem suspeitas de irregularidades nessa transação, que envolveu um montante de R$ 1,5 milhão, e que acabou sendo ajuizada pela CBF. Já o presidente da FMF, Élmer Guilherme, já foi afastado do cargo por ordem judicial.

Além das supostas irregularidades relacionadas à Copa Centenário, o dirigente é acusado do desvio de mais de R$ 2 milhões dos cofres da entidade.

Lancepress!