inclusão de arquivo javascript

Esportes

 
 

Ida de Clodoaldo para o Ceará vai parar na Justiça

03 de janeiro de 2006 21h12 atualizado às 21h31

A transferência do atacante Clodoaldo do Fortaleza para o Roval Ceará vai acabar na Justiça. O time tricolor não pretende ceder o jogador de forma tão fácil ao rival.

Confira o mercado do futebol

O advogado do clube, Marcelo Desidério, afirmou que o atleta assinou com o clube, recebeu luvas e só restava a renovação. A Federação Cearense de Futebol, porém, não teria permitido a entrada do contrato.

"Buscaremos as medidas legais cabíveis junto ao TJD da Federação e ao STJD", disse.

Desidério ainda garante que o Fortaleza entrará na Justiça para que o Ceará pague uma multa rescisória de R$ 600 mil e para recuperar os R$ 20 mil pagos a Clodoaldo referentes ao vínculo empregatício.

Segundo o departamento jurídico do clube, o jogador pode cumprir suspensão de 120 a 360 dias e o Ceará perderia pontos conquistados com a escalação do atleta, caso seja comprovado que ele assinou dois contratos ao mesmo tempo.

O procurador de Clodoaldo, Magno Morais, diz que o contrato com o Fortaleza não tem validade. Segundo ele, um novo contrato, com multa rescisória de R$ 2,6 milhões, foi negado e está em suas mãos em branco.

Magno garante que a situação de Clodoaldo é regular na Federação Cearense e na CBF e ele já pode atuar pelo Ceará.

Lancepress!