PUBLICIDADE

Nuzman afirma que não sai do COB

2 abr 2010 08h55
Publicidade

O presidente Carlos Arthur Nuzman afirmou que não deixará a presidência do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) para se dedicar exclusivamente à organização dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016.

O dirigente confessou ter consultado o Comitê Olímpico Internacional (COI) sobre a viabilidade de acumular as funções e não houve objeção. E após seis meses da vitória carioca na disputa pela sede dos Jogos de 2016, Nuzman fez um balanço positivo do trabalho. Ao fim, falou sobre o sucesso dos Jogos Sul-Americanos de 2010, em Medellín, os primeiros organizados sob sua gestão à frente da Organização Desportiva Sul-Americana (Odesur).

"Não saio do COB porque há como acumular as funções. Fiz uma consulta ao Comitê Olímpico Internacional (COI) para saber se poderia acumular os dois cargos e eles me disseram que não haveria problemas. Seria até bom por já conhecer todo o movimento olímpico brasileiro

Carlos Nuzman afirmou que não deixará o COB
Carlos Nuzman afirmou que não deixará o COB
Foto: Reinaldo Marques / Terra
Fonte: Lancepress!
Publicidade