0

Na estreia de M. Assunção, Lusa empata e segue na degola

29 jul 2014
22h48
atualizado às 22h58
  • separator
  • 0
  • comentários

Nem mesmo a estreia de Marcos Assunção, novo reforço da Portuguesa para a Série B do Campeonato Brasileiro, foi capaz de fazer a equipe da capital quebrar a sequência de três jogos sem vitíoria na competição. Nesta terça-feira, jogando no Canindé, o time empatou com o Oeste por 0 a 0 e segue ameaçada de rebaixamento para a terceira divisão do torneio nacional.

Marcos Assunção fez sua primeira partida com a camisa da Portuguesa
Marcos Assunção fez sua primeira partida com a camisa da Portuguesa
Foto: Daniel Vorley / AGIF / Gazeta Press

Veja a tabela e a classificação da Série B

Após ser campeão da Copa do Brasil com o Palmeiras e cair junto com a equipe em 2012, sendo um dos protagonistas da equipe comandada por Luiz Felipe Scolari, Marcos Assunção passou por Santos e Figueirense, sem sucesso, até desembarcar no Canindé. O volante, que já assumiu a braçadeira de capitão, chamou o jogo, comandou o time, distribuiu assistências e arriscou cobranças de falta para o gol, mas que apenas assustaram o goleiro rival.

Com o resultado, a Portuguesa chega a quatro jogos sem vencer na Série B e continua na 18ª posição, com 12 pontos, na zona de rebaixamento. Já o Oeste chega aos 15, no 16º lugar, primeiro fora da zona da degola. 

A Portuguesa foi melhor na etapa inicial. Com mais posse de bola e um ataque mais rápido, criou boas oportunidades, principalmente nos primeiros 20 minutos. A primeiro saiu dos pés de Jocinei, aos 12min. O meia recebeu com liberdade, arriscou chute rasteiro, mas Anderson segurou com segurança. Um minuto depois, Jussandro arrancou pela esquerda e chutou forte, mas a bola passou por cima do gol.

Já o Oeste manteve uma postura mais defensiva, esperando os erros do clube da capital para acertar contra-ataques e tentar abrir o placar. A principal chance do time do interior aconteceu aos 22min, quando Serginho cobrou falta para a área, o goleiro Rafael Santos saiu mal do gol e Cris, livre, cabeceou por cima.

Na volta do intervalo, os papéis se inverteram. O Oeste voltou com mais iniciativa e dominou a Portuguesa nos minutos iniciais. Logo aos 3min, Serginho cobrou falta por cobertura e exigiu boa defesa do goleiro Rafael Santos. Três minutos depois, Reis recebeu na área e bateu cruzado, mas o arqueiro fez outra boa defesa. Aos 14min, conseguiram balançar as redes. Porém, o árbitro assinalou, de forma correta, impedimento do atacante Serginho.

A Portuguesa assustou apenas aos 19min. Marcos Assunção levantou bola na área e Bryan Aldave, livre, cabeceou para fora. O restante do segundo tempo foi dominado pelo Oeste, que pressionou, teve mais posse de bola, mas não conseguiu reverter em gol.

Na próxima rodada, a 15ª da segunda divisão do campeonato nacional, a Portuguesa enfrenta a Luverdense, no Passo das Emas, enquanto o Oeste recebe o Avaí no Estádio dos Amaros.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA 0 X 0 OESTE

Local: Estádio do Canindé, em São Paulo
Data: dia 29 de julho de 2014, terça-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (FIFA-SP)
Assistentes: Herman Brumel Vani e Vitor Carmona Metestaine (ambos de SP)
Quarto árbitro: Marcelo Prieto Alfieri (SP)
Público: 804 pessoas
Renda: R$ 20.080
Cartões Amarelos: Diego Augusto, Allan Dias (Portuguesa) e Everton Dias (Oeste)

PORTUGUESA: Rafael Santos, Arnaldo, Brinner, Diego Augusto, e Jussandro; Maycon, Marcos Assunção, Jocinei (Marcelinho) e Allan Dias; Serginho e Bryan Aldave
Técnico: Marcelo Veiga

OESTE: Anderson, Ezequiel, Lucas Bahia, Cris, Fernandinho; Everton Dias, João Denoni, Dionísio (Ramires) e Roger Gaúcho; Serginho e Reis (Lelê)
Técnico: Luís Carlos Martins

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade