0

Organismo máximo do ciclismo investiga equipe de Armstrong

26 jul 2010
16h13
atualizado às 23h26

A comissão de disciplina da União Ciclista Internacional (UCI) decidiu abrir um expediente disciplinar à equipe americana RadioShack, comandada pelo americano Lance Armstrong, sete vezes campeão do Tour de France.

A UCI tomou esta decisão porque considera que houve violação às normas de vestimenta no Tour de 2010, encerrada neste domingo com vitória do agora tricampeão Alberto Contador, da Espanha.

Os membros da RadioShack se apresentaram na saída da última etapa com um uniforme diferente do que tinham usado durante o restante da disputa. Uma camisa com o número 28 nas costas para homenagear os cerca de 28 milhões de pessoas que sofrem de câncer.

A entidade lamentou ter de tomar a decisão, apesar de ter sido para apoiar uma causa tão importante como é a ajuda para lutar contra a doença, mas para isso Armstrong, que teve câncer nos testículos, deveria ter anunciado anteriormente aos organizadores e comissários de corrida para que fosse buscada uma solução e incluí-la no regulamento.

A mudança de Armstrong e seus companheiros de equipe causou um atraso de 20 minutos no começo da etapa final e com isso houve prejuízos na cobertura televisiva. Por isso, a UCI aplicará uma multa a cada corredor e aos chefes de equipe cuja arrecadação será repassada à Liga Suíça contra o câncer.

Equipe do heptacampeão Lance Armstrong sofre punição
Equipe do heptacampeão Lance Armstrong sofre punição
Foto: AP
EFE   
publicidade