Palmeiras

Palmeiras

publicidade
17 de janeiro de 2013 • 20h20 • atualizado em 18 de Janeiro de 2013 às 10h30

Com começo arrasador, Palmeiras vence Velo e está nas quartas

Bruno Dybal e Chico comemoram gol marcardo com apenas 1min de jogo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press
 

Em busca do título inédito da Copa São Paulo, o Palmeiras teve dois tempos distintos, nesta quinta-feira, em Barueri. Na primeira etapa o time impressionou com um início arrasador e abriu dois gols de vantagem. Mas no final o time sofreu um gol, ficou com um jogador a menos e foi pressionado pelo Velo Clube. Mesmo assim a equipe da capital paulista venceu por 2 a 1 e está classificada para as quartas de final. O adversário será Atibaia ou Cruzeiro.

 Palmeiras não deu tempo para o Velo Clube respirar no jogo. Com apenas 1min, Chico ganhou uma disputa na entrada da área e resolveu chutar. Ele finalizou com força e mandou a bola no ângulo direito de Willian. O gol precoce empolgou a torcida, mas quase o time jogou tudo para o ar aos 4min: Diego ficou no mano-a-mano com Victor Hugo, tinha opção de passe, mas tentou o drible e foi desarmado.

O susto acordou o Palmeiras, que logo marcou outro gol e consolidou o início de jogo arrasador: aos 7min, Edilson lançou Diego Souza na área, que driblou o goleiro só com o domínio e empurrou a bola para a rede. No decorrer do primeiro tempo, Chico e Vinicius ainda perderam novas chances de gols, e o Velo não mostrou qualquer poder de reação.

Mas no segundo o time de Rio Claro mostrou porque tinha chegado até as oitavas de final da Copa São Paulo. Veio a pressão contra o Palmeiras até sair o gol: aos 14min, após escanteio cobrado pela direita, a defesa palmeirense cochilou e viu Wericon finalizar direto para o gol.

O que parecia uma vitória garantida no primeiro tempo se tornou um resultado de risco para o Palmeiras. Ainda mais quando o zagueiro Luiz Gustavo foi expulso por causa de uma entrada dura, aos 28min. O time do interior partiu para o ataque com tudo, mas a melhor chance de gol foi do Palmeiras. Aos 42min, Diego Souza ficou frente a frente com o goleiro, mas finalizou para fora. Nos acréscimos ele ainda foi expulso, assim como Felipe, do Velo, mas o time alviverde conseguiu segurar o resultado até o final.

Para o próximo jogo o técnico Narciso terá dificuldades para escalar o Palmeiras: além dos expulsos Diego Souza e Luiz Gustavo, Bruno Dybal também está suspenso por receber três cartões amarelos. Os três já integraram o time profissinal e são referências na equipe Sub-20.

Terra