1 evento ao vivo

Kleina vê mercado para Maikon e se preocupa com situação de Kléber

7 jun 2013
15h23

Cortado do jogo contra o Sport, Maikon Leite tem poucas chances de permanecer no Palmeiras. Ao mesmo tempo em que se mostra favorável a uma eventual negociação do veloz atacante, o técnico Gilson Kleina não esconde a preocupação com a situação do centroavante Kléber.

"Tem momentos em que precisamos nos precaver. Quero ser coerente e criterioso sempre. O Maikon está fazendo um trabalho diferenciado. Ao mesmo tempo, sabemos que ele tem um mercado vasto, com alguns clubes interessados. Vamos ver o que vai ser bom para o Maikon e para o Palmeiras", disse o técnico.

Contratado após alcançar um destaque pelo Santos, o veloz atacante nunca rendeu o que dele se esperava no Palmeiras. A improdutividade do jogador, conhecido pela deficiência nas finalizações, já esgotou a paciência da torcida e, caso apareça algum interessado, deve realmente ser negociado.

Cauteloso com situação delicada do atacante, Kleina evita rotulá-lo como negociável. "Enquanto o Maikon estiver conosco, vai ter toda a nossa atenção. Aqui ou em outro lugar, tenho certeza que vai deslanchar e as coisas vão acontecer para ele", afirmou.Se não se opõe a uma eventual saída de Maikon Leite, Kleina demonstra preocupação com a possibilidade de ficar com apenas um centroavante no elenco. Caso Kléber deixe o clube no final do mês, o jovem Caio seria o único jogador da posição no Palmeiras.

"É claro que queremos que o Kléber se recupere e permaneça. Se não acontecer, ficaríamos com uma carência apenas com o Caio. Por outro lado, se precisarmos mudar a forma de jogar, já trabalhamos com dois jogadores de movimentação no ataque", projetou o treinador.

O Porto emprestou Kléber ao Palmeiras até o próximo dia 30 de junho. Os dois clubes têm um acordo verbal para estender o vínculo até dezembro, mas o jogador, autor de dois gols em 11 jogos, está atualmente em recuperação de lesão no joelho e pode nem sequer voltar a campo pelo time brasileiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade