2 eventos ao vivo

Pensada em dois períodos, reapresentação alviverde tem trabalhos físicos

4 nov 2015
11h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois de dois dias de folga, o elenco do Palmeiras se reapresentou na Academia de Futebol na manhã desta quarta-feira, mas não realizou trabalhos com bola pela manhã. Dividido em duas partes, o grupo se revezou entre a sala de musculação e a série de colchonetes espalhados pelo gramado para exercícios anaeróbicos. Com a reapresentação planejada para ser feita em dois períodos, é possível que uma movimentação com bola seja feita na parte da tarde. A possibilidade do treino ser feito no Allianz Parque ainda é considerada.

Passados cerca de 40 minutos de exercícios, o técnico Marcelo Oliveira subiu ao gramado da Academia de Futebol ao lado do auxiliar técnico Tico dos Santos e, sentado no banco de reservas colocado na lateral do gramado, observou a prática de parte do elenco e aproveitou para conversar de forma mais reservada com o membro da comissão técnica. No campo ao lado, o elenco sub-20 do Verdão, eliminado do Paulista sub-20 no fim de semana, realizou uma movimentação tática em campo reduzido dando sequência ao plano de integração entre base e profissional intensificado neste ano.

Do grupo que começou os trabalhos na sala de musculação, o lateral direito Lucas se mostrou recuperado do mal estar que o tirou, ainda no primeiro tempo, do confronto contra o Santos, na Vila Belmiro. Segundo confirmou o Dr. Rubens Sampaio na última terça-feira, em conversa com a Gazeta Esportiva, o jogador vinha sofrendo de problemas intestinais e foi medicado após o jogo, aproveitando a folga estendida para se recuperar clinicamente. O meia Fellype Gabriel, que teve seus planos de estrear pelo Verdão adiados por conta de seguidas lesões, também realizou fortalecimento muscular e deve voltar a trabalhar com o grupo à tarde.

O volante Arouca, o lateral esquerdo Egídio e o meia Cleiton Xavier, que anteciparam a folga para voltarem a trabalhar antes do prazo, estiveram normalmente ao lado do elenco durante a atividade física. Na fase final de transição para o gramado, fora dos campos há mais de dois meses, Xavier deixa a comissão de sobreaviso por conta de sua reincidência no departamento médico. Com o retorno ao clube respaldado por Paulo Nobre, o meio-campista ainda espera repetir o êxito que teve em sua primeira passagem, entre 2009 e 2010.

Apesar de já ter se mostrado recuperado na parte física, Arouca, fora do time há seis jogos, desde a goleada sofrida para a Chapecoense, ainda precisa ser testado nos trabalhos com bola para saber se poderá antecipar sua volta e ajudar o time na reta final do Brasileiro. Dividindo atenções entre as últimas rodadas do nacional e as finais da Copa do Brasil, é possível que o camisa 5 reforce o time contra o Vasco, em jogo marcado para domingo, às 17h (de Brasília).

Horário diferente e cuidado especial - O volante Gabriel, que sofreu grave lesão no joelho no início de agosto e, à exemplo de Mouche, precisou reconstruir o ligamento cruzado anterior do joelho direito - cirurgia cujo prazo de recuperação gira em torno de seis meses -, segue sua rotina de recuperação física, alternando trabalhos na sala de musculação e no campo, mas sem ter contato com a bola.

Depois que todos os atletas deixaram o campo, Gabriel, acompanhado dos preparadores físicos Thiago Santi e Marco Aurélio Schiavo, ocupou uma parte do gramado para fortalecer a região do joelho, com exercícios de impulsão e agachamento a partir do uso de barras. O camisa 18, ainda, realizou alguns tiros curtos na corrida, sem reclamar de dores ou qualquer desconforto na região da articulação.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade