1 evento ao vivo

Prass diz não saber de convocação, mas sonha com vaga nas Olimpíadas

18 jun 2016
19h00
  • separator
  • 0
  • comentários

O goleiro Fernando Prass diz ter se surpreendido com a notícia de que seu nome constaria na pré-lista de jogadores convocados para a Seleção Brasileira que disputará as Olimpíadas do Rio de Janeiro. Após a vitória do Palmeiras por 3 a 1 sobre o Santa Cruz, neste sábado, no Palestra Itália, o arqueiro disse que não chegou até ele nenhum convite do técnico Rogério Micalle, que comandará o time nos Jogos. Prass, contudo, admitiu que vestir a camisa amarelinha é um sonho ainda não alcançado em sua carreira.

Aos 37 anos, o goleiro nunca foi chamado para defender a Seleção principal. A intenção de Micalle é contar com Prass numa das vagas reservadas para jogadores que não têm idade olímpica. "Só falarei [sobre convocação] quando estiver, ou não estiver, na lista. Até lá, fico refém de qualquer palavra", afirmou o arqueiro. "Hoje só penso no Palmeiras. Enquanto estiver aqui, sempre pensarei única e exclusivamente no Palmeiras. Não sei do futuro, preciso estar focado e trabalhar aqui".

Apesar de cauteloso com as declarações, Prass disse que se permite sonhar com a chance de defender o Brasil. "Só de vestir a camisa da Seleção já é uma honra, uma realização profissional muito grande", afirmou. "Sempre sonharei com isso enquanto eu estiver no Palmeiras, que é um time grande. Até os 44 anos [quando pretende se aposentar], eu me dou o direito de sonhar. Mas sei que quanto mais o tempo passa, mais fica difícil. Nunca fui chamado, então aguardarei".

Prass conhecerá a lista de convocados para o Rio 2016 no dia 29. Neste sábado, ele voltou a ser decisivo para o Palmeiras ao praticar grandes defesas no segundo tempo do jogo contra o Santa Cruz. Para o goleiro, no entanto, este não é melhor momento da sua carreira. "Eu estou em mais evidência. Mas sempre fui um goleiro regular. Creio que estou na média do que apresentei no Coritiba e no Vasco", afirmou.

O diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, disse que o clube não criará empecilhos para seus jogadores defenderem a Seleção Brasileira nas Olimpíadas. Como a competição é disputada fora das datas reservadas pela Fifa, as equipes podem optar por não liberar os atletas. Além de Prass, os jovens Matheus Sales e Gabriel Jesus poderão ser convocados por Micalle. Se for chamado, o trio poderá desfalcar o Verdão em até seis jogos do Brasileirão.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade