PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Pressionado, Palmeiras perde para Penapolense em casa com um a mais

27 jan 2013 18h55
| atualizado às 22h45
ver comentários
Publicidade

O Palmeiras voltou a decepcionar e ser pressionado em casa, neste domingo, pelo Campeonato Paulista. Depois de empatar com o Bragantino no primeiro jogo do ano, o time fez feio de novo, ao perder por 3 a 2 para o Penapolense. A derrota foi ainda mais vexatória porque o time alviverde ficou com um jogador a mais no segundo tempo, mas perdeu gols e ainda sofreu mais um. O resultado deixa o Palmeiras com quatro pontos em três jogos, enquanto a equipe de Penápolis agora está com seis.

Penapolense reagiu rápido e venceu de virada o Palmeiras, mesmo com um jogador expulso
Penapolense reagiu rápido e venceu de virada o Palmeiras, mesmo com um jogador expulso
Foto: Marcelo Pereira / Terra

» Veja como foi Palmeiras 2 x 3 Penapolense

O Palmeiras partiu para o ataque logo no começo do jogo e foi premiado por isso. Primeiro Maikon Leite perdeu grande chance, mas depois veio o gol: Guarú fez falta perto da área, e o lateral Ayrton abriu o placar com uma bela cobrança.

Porém, o Penapolense não recuou e também foi premiado por isso. Primeiro, aos 9min, após o juiz marcar toque de mão inexiste de João Denoni, Guarú empatou com outra boa cobrança de falta. A bola bateu na trave, nas costas de Fernando Prass e entrou no gol. E apenas cinco minutos depois veio a virada: em outra cobrança de falta, Rodrigo Biro tabelou pela esquerda e cruzou rasteiro para Magrão, que finalizou sozinho, de frente para o gol aberto.

Depois desse início agitado, finalmente o jogo esfriou, mas o Palmeiras não reagiu e até saiu vaiado para os vestiários, já que o Penapolense teve mais chances de gol, perdidas por Anderson Carvalho e Magrão. Por isso Gilson Kleina resolveu mudar o time da casa no vestiário, com as entradas de Valdivia e Vinicius.

E de fato a partida mudou logo no começo do segundo tempo: Jailton, que tinha acabado de receber cartão amarelo por falta em Valdivia, fez "cera" e foi expulso aos 10min. Com um a mais em campo, o Palmeiras enfim passou a criar chances de gol, mas Marcelo defendeu chutes de Barcos, Maikon Leite e Vinicius. E então aconteceu o terceiro gol do time de Penápolis: aos 29min, após cobrança de escanteio, Perez cabeceou para o gol. Luan, que saiu do banco, descontou aos 44min, mas não houve tempo nem qualidade para buscar o empate.

Ficha técnica

PALMEIRAS 2 x 3 PENAPOLENSE

Gols
PALMEIRAS:
Ayrton, aos 7min do 1º tempo; e Luan, aos 44min do 2º tempo

PENAPOLENSE:
Guarú, aos 9min do 1º tempo; Magrão, aos 14min do 1º tempo; e Perez, aos 29min do 2º tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Ayrton, Henrique, Maurício Ramos e Wendel; Márcio Araújo, João Denoni (Valdivia), Wesley e Patrick Vieira (Vinicius); Maikon Leite (Luan) e Barcos
Treinador: Gilson Kleina

PENAPOLENSE: Marcelo; Alex, Jailton, Rodrigo Brito, Liel (Denis), Neto (Fernando), Anderson Carvalho, Guarú, Viola, Fio (Perez) e Magrão
Treinador: Edison Só

Cartões amarelos
PALMEIRAS: Ayrton, Henrique, Wendel e Márcio Araújo
PENAPOLENSE: Neto e Fio

Cartão vermelho
PENAPOLENSE:
Jailton

Público e renda
7974 torcedores e R$ 265,840,00

Árbitro
Fabio de Jesus Volpato Mendes

Local
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade