PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Repórter admite ajuda a delegado na anulação de gol do Palmeiras

28 out 2012 18h26
| atualizado às 19h17
Publicidade

O Palmeiras ainda reclama da anulação do gol de Barcos na derrota por 2 a 1 para o Internacional, no último sábado, no Estádio do Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro. E agora o time tem mais um motivo para alegar que houve influência das imagens da televisão na decisão da arbitragem: a repórter Taynah Espinoza, da TV Bandeirantes, admitiu que ela e alguns companheiros de profissão contaram ao técnico colorado Fernandão e ao delegado do jogo, Gerson Baluta, que o atacante alviverde realmente tocou com a mão na bola para fazer o gol de empate.

» Veja fotos e escolha a pior camisa alternativa dos times brasileiros
» Veja como eram os astros do futebol mundial na infância

De acordo com Taynah, o técnico do Internacional foi o primeiro a apelar para os repórteres: "o Fernandão, na hora que saiu o gol, já achou que tinha sido invalidado. Quando viu que o gol havia sido validado, correu aqui, falou a todo momento que tinha sido mão, gritou muito, e aí eles perguntaram para nós da transmissão", contou ela.

Quando os repórteres admitiram o gol de mão, rapidamente a informação chegou a Gerson Baluta, delegado da partida: "foi dito que foi mão pelo que se viu, e agora o delegado está perguntando para quem está fazendo a transmissão, se pelas câmeras de televisão vimos que foi gol. Parece que estão usando mesmo a tecnologia, mesmo que não seja de forma legal, entre aspas", disse ela na hora da confusão.

O quarto árbitro e o delegado podiam ajudar o juiz da partida, Francisco Carlos Nascimento, desde que não utilizassem informações externas, como a ajuda de imagens da TV. Para tentar impugnar o jogo - vitória do Inter por 2 a 1, o Palmeiras tem de provar que houve uma ajuda não permitida em regulamento no sábado.

Baixe gratuitamente o aplicativo Sigo meu Time e acompanhe seu time do coração

Palmeirenses reclamaram da forma como o gol foi anulado pelo árbitro
Palmeirenses reclamaram da forma como o gol foi anulado pelo árbitro
Foto: Ricardo Rimoli / Agência Lance
Fonte: Lancepress!
Publicidade