Palmeiras

Palmeiras

publicidade
21 de março de 2012 • 07h59

Saiba por que Wesley pode ser a solução do Palmeiras

Contratação ainda não está acertada, mas Wesley tem treinado no Palmeiras
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Allan Brito

A torcida do Palmeiras já gritou o nome de Wesley no estádio. A diretoria tem feito de tudo para contratá-lo. Felipão já elogiou o meio-campista. A grande maioria dos palmeirenses quer a badalada contratação de Wesley. Mas toda essa repercussão levantou uma dúvida: será que ele é capaz de corresponder às expectativas de todos? A resposta para essa pergunta passa por uma análise detalhada de como Wesley vai se encaixar no elenco palmeirense, caso sua contratação realmente aconteça.

» Ronaldinho? Júlio César? Escolha quem você levaria para a Olimpíada
» Quanto você pagaria para contratar jogadores? Veja preços e vote

A chegada de Wesley ainda não está 100% acertada. Gerente de futebol do Palmeiras, César Sampaio costuma ser cauteloso sobre o assunto. No último domingo, por exemplo, ele disse apenas que continua na busca por parceiros para fazer o pagamento ao Werder Bremen: "a gente conversa com muitos parceiros. Eu mesmo participei de quatro conversas com pessoas diferentes. Eles querem ajudar o Palmeiras", comentou o dirigente.

Mesmo com essa dificuldade, Wesley já tem até treinado com bola entre os reservas do time paulista. Por isso já vale imaginar como será sua entrada na equipe. Mas, para isso, em primeiro lugar, vale lembrar que Wesley nem sempre foi meio-campista. Ele surgiu no Santos como atacante, em 2007. Apesar de ter mostrado qualidade, não se firmou e foi emprestado para o Atlético-PR em 2009.

Foi na Arena da Baixada, sob o comando de Antônio Lopes, que Wesley passou a desempenhar outras funções em campo. Virou meia, volante e até lateral direito. E é exatamente essa versatilidade que pode explicar seu sucesso e justificar porque o Palmeiras quer tanto sua contratação.

"Foi o professor Antônio Lopes no Atlético Paranaense que me colocou mais pro meio. Foi ele que percebeu minha força física e me escalou para fazer a transição para o ataque e, graças a Deus, fiz um sucesso muito grande", lembrou Wesley, assim que voltou para o Santos e conseguiu se destacar.

Depois desse sucesso na Vila Belmiro, em 2010, ele foi para a Seleção Brasileira de Mano Menezes, e a transferência para o Werder Bremen veio como consequência natural. Mas a adaptação ao clube alemão não foi ideal e agora ele está empolgado com a chance de voltar ao Brasil.

"Quero jogar no Palmeiras e defender as cores do Verdão, mas para vestir essa camisa vou precisar do seu apoio", afirmou Wesley, em vídeo da campanha que visava arrecadar dinheiro dos torcedores para concretizar sua contratação - a ideia, porém, foi frustrada, e o dinheiro da torcida não deve ser utilizado. Mas tanta mobilização fez com que os palmeirenses já imaginassem como Wesley vai jogar no time. Por isso, o Terra resolveu ajudar nesse exercício mostrando como ficará o elenco do Palmeiras com essa contratação. Confira:

4-3-1-2 e Wesley como volante

É possível que Felipão já esteja treinando o Palmeiras para receber a chegada de Wesley sem traumas. Afinal, se o ex-santista viveu sua melhor fase no Santos como volante, o técnico já passou a incluir mais um jogador dessa posição no esquema tática do Palmeiras. Por enquanto é João Vitor que tem feito partidas como titular, ao lado de Márcio Araújo e Marcos Assunção. Mas é evidente que Wesley chegará com moral suficiente para ganhar a posição dele no meio-campo.

Dessa forma, o trio de volantes daria mais liberdade para os laterais, Cicinho e Juninho, que sabem atacar com qualidade. Mas um problema seria criado: sobraria vaga apenas um meia de criação. Ou seja, Daniel Carvalho ou Valdivia teriam que ir para a reserva. Felipão teria uma boa dor de cabeça, mas talvez seria melhor evitá-la e escalar um time com mais meias.

4-2-3-1 e Wesley como meia

Também é um esquema tático já testado por Felipão e que tem grandes chances de ser utilizado. O time teria um trio de meio-campistas, com um criador pelo centro e dois abertos nas laterais. Dessa forma, Daniel Carvalho poderia até jogar junto com Valdivia, já que seria opção para atuar pela esquerda.

Já Wesley ficaria exatamento do lado oposto, na ponta direita, com mais liberdade para atacar do que no 4-3-1-2. A única dificuldade seria encaixar Maikon Leite, que tem se destacado na temporada. Ele não costuma guardar tanta posição nas pontas, como Luan, por exemplo. Poderia até ser reserva de Wesley na direita, mas os dois têm características diferentes.

4-2-2-2 e Wesley como meia

Quatro defensores, dois volantes, dois meias e dois atacantes. Esse ainda é o principal esquema tático dos times brasileiros, e Felipão já escalou o Palmeiras assim em diversas oportunidades. Caso opte por isso, Wesley brigará por uma das duas vagas no setor de criação. A briga seria boa com Valdivia e Daniel Carvalho.

3-5-2 e Wesley como ala

Foram poucas vezes, mas Felipão já usou esse esquema tático no Palmeiras. Além disso, foi campeão do mundo em 2002, pela Seleção Brasileira, com o time escalado dessa forma. Por isso essa opção não pode ser descartada. Caso realmente opte por essa tática, o mais simples seria escalar Wesley na ala, função que ele já desempenhou no Atlético-PR. O problema seria concorrer com Cicinho e Artur pela vaga.

Os problemas

É claro que também existe a possibilidade de Wesley não ser a grande contratação que o Palmeiras espera. O principal problema é que as expectativas pelo jogador estão em alta. Portanto, ele vai chegar com moral ao time e rapidamente será titular, tendo que apresentar resultados rapidamente. Em uma equipe que já está bem encaixada, como é o caso do Palmeiras no momento, isso pode gerar problemas diversos.

Além disso, é preciso que boa parte do elenco aceite virar reserva rapidamente, mesmo com o time em boa fase. Maikon Leite, Daniel Carvalho, Luan, João Vitor e talvez até Valdivia podem ter menos minutos de jogo por causa dessa contratação. Caso isso não cause mal-estar entre os atletas, o Palmeiras já terá meio caminho andado para encaixar corretamente o versátil Wesley em seu elenco.

Terra