0

Sem camisa 33, Gabriel Jesus aguarda estreia em Libertadores

9 dez 2015
21h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Eleito a revelação do Campeonato Brasileiro pela CBF, Gabriel Jesus ganhou destaque em 2015 vestindo a camisa 33 do Palmeiras. Formado nas categorias de base do clube, o atacante precisará encontrar um novo número para a disputa da Libertadores na próxima temporada, já que o limite na numeração segue até 30. Sem se incomodar com a mudança, o jogador comemora a oportunidade de atuar no torneio sul-americano.

“Eu quero é jogar. Eu amei o número 33, infelizmente não vou poder usar na Libertadores, mas ficarei feliz com qualquer número que for me dado”, declarou em entrevista divulgada no site oficial do Palmeiras nesta quarta-feira.

Antes de fazer sua estreia pela Libertadores, Gabriel Jesus participará de uma disputa no Uruguai. O Palmeiras enfrentará o Libertad-PAR em janeiro e, caso derrote os rivais, terá um confronto com o vencedor do duelo entre os uruguaios Nacional e Peñarol.

“O torneio no Uruguai será uma chance de sentirmos o clima da Libertadores antes, pois enfrentaremos times fortes e de tradição”, observou o atacante.

Ao analisar o ano de 2015, o jogador de 18 anos comenta ter aproveitado bem as oportunidades como titular. Com 37 atuações e sete gols anotados, Gabriel Jesus comemora o fim de temporada com o título da Copa do Brasil.

“Foi uma temporada em que me firmei no profissional. Trabalhei muito e pude me manter. Posso classificar esse ano para mim como excelente. Infelizmente, deixei escapar dois títulos (do Paulista e do Campeonato Brasileiro), mas Deus honrou, levamos o da Copa do Brasil e pude terminar o ano muito bem”, afirmou.

Outro fator destacado pelo atacante foi a oportunidade de atuar no Palestra Itália ao lado da torcida. Segundo Jesus, as boas médias de público motivaram a equipe ao longo do ano. “Não tenho nem palavras para descrever a torcida do Palmeiras. É impressionante o que eles fazem e a festa que eles dão em todos os jogos. Mesmo com o time em uma situação não tão boa, eles lotam a nossa arena e nos apoiam. Isso conta muito e fez a diferença. ”

O atleta também foi escolhido como revelação do Brasileiro pelo Troféu Mesa Redonda, que irá ao ar no próximo domingo na TV Gazeta.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade