1 evento ao vivo

Técnico adversário grita "Corinthians" e deixa Palestra com tumulto

22 mar 2013
08h04
atualizado às 15h53
  • separator
  • 0
  • comentários

O confronto entre Palmeiras e Liga Sorocabana, disputado na noite desta quinta-feira pelo Novo Basquete Brasil (NBB), terminou em confusão. Depois de gritar "Corinthians" no banco de reservas, Rinaldo Rodrigues, técnico e presidente do time do interior paulista, deixou a quadra do Ginásio Palestra Itália em meio a um tumulto formado por jogadores, dirigentes e torcedores.

<p>Arthur Pecos é marcado por Dawkins, da Liga Sorocabana, durante vitória do Palmeiras</p>
Arthur Pecos é marcado por Dawkins, da Liga Sorocabana, durante vitória do Palmeiras
Foto: Fábio Menotti / Divulgação

O duelo foi marcado pelo equilíbiro mas, com menos de um minuto no cronômetro, a vitória do Palmeiras já estava praticamente garantida. Sentado no banco de reservas, Rinaldo Rodrigues gritou "Corinthians". Como o ginásio é de pequenas dimensões, o urro do técnico e presidente da Liga Soracabana foi ouvido até mesmo pelos torcedores localizados no lado oposto da arena.

Siro Casanova, um dos diretores do basquete alviverde, entrou na quadra para tirar satisfações no final do jogo. Revoltados, alguns torcedores se posicionaram ao redor da saída utilizada pelo time visitante. Ronaldo Faria, mais conhecido como Dinho, diretor de esportes olímpicos do Palmeiras, pedia calma aos espectadores mais exaltados ao lado dos pivôs Marcão e Tiagão.

&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;a data-cke-saved-href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/esportes/infograficos/iframe-site-lista-100-conquistas-mais-sexies/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot; href=&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;http://www.terra.com.br/esportes/infograficos/iframe-site-lista-100-conquistas-mais-sexies/iframe.htm&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;quot;&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;veja o infogr&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;aacute;fico&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;lt;/a&amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;amp;gt;

Preocupados, os jogadores da Liga Sorocabana resolveram esperar por Rodrigues do lado de fora do vestiário. Os torcedores mais exaltados foram afastados por policiais militares e, em meio a insultos e confusão, o técnico e presidente do time do interior paulista finalmente conseguiu deixar a quadra do Ginásio Palestra Itália.

Tumulto à parte, o Palmeiras venceu sua sexta partida consecutiva (85 a 77) como mandante no NBB e, após o revés do Joinville diante do Flamengo, subiu para a 15ª colocação com nove vitórias e 20 derrotas (31% de aproveitamento). A Liga Sorocabana, por sua vez, briga pela nona posição com o Minas, já que ambos têm 14 triunfos e 15 tropeços (48,3% de aproveitamento).

Palmeiras e Liga Sorocabana voltam a jogar pelo NBB no próximo sábado. Às 18 horas (de Brasília), em mais um confronto marcado para o Palestra Itália, o time da casa enfrenta o Bauru. No mesmo dia, às 19 horas, a equipe do interior busca a reabilitação contra o Suzano, penúltimo colocado, novamente na condição de visitante.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade