Pan-Americano 2007

História

Rio de Janeiro 2007

O Rio de Janeiro conseguiu o direito de ser sede da 15ª edição dos Jogos Pan-Americanos após uma disputa acirrada com San Antonio, dos Estados Unidos. O País volta a ser palco da competição 44 anos depois - a primeira e única vez foi em São Paulo-1963.

Os planos do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e do Ministério dos Esportes é mostrar ao mundo que o Brasil tem condições de receber competições maiores no futuro, como os Jogos Olímpicos de 2018. O País fracassou nas recentes tentativas para as competições de 2004, realizada em Atenas, e 2012, vencida por Londres.

Para conseguir o objetivo, o governo destinou milhões em verbas para oferecer uma estrutura moderna para a competição pan-americana. O Maracanã e o Maracanãzinho, por exemplo, foram reformados, um complexo está sendo construído no Autódromo de Jacarepaguá e foi construído um estádio, batizado de João Havelange, para 45 mil pessoas.

No entanto, algumas obras atrasaram em relação ao cronograma original. Uma disputa entre a CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) e o comitê organizador quase pôs em risco a construção de um complexo esportivo em Jacarepaguá. Outra confusão foi na Marina da Glória, sede das provas de vela.

Para os Jogos Pan-Americanos no Rio, a meta é superar o recorde de medalhas da última competição, realizada em Santo Domingo-2003, e preparar a delegação brasileira para os Jogos Olímpicos, no próximo ano, em Pequim.

Divulgação
Maracanã será o palco de abertura do Pan no Rio de Janeiro