Modalidades

Modalidades

Boliche

1ª aparição nos Jogos:

1991

Existem vestígios da prática de esportes semelhantes ao boliche entre os egípcios (há pelo menos 7 mil anos), entre os polinésios e até na obra grega Ilíada, de Homero. Na Alemanha do século III uma prática religiosa chamada kegel originou o termo kegler, usado até hoje para denominar os praticantes do boliche no país. Coube aos holandeses desenvolver as regras do esporte.

Em torno de 1650, jogavam uma versão em que o objetivo era derrubar com uma bola nove pinos arrumados em formato de diamante no fim de uma pista de cerca de 27m. A versão de nove pinos continua existindo, mas também evoluiu para uma modalidade com dez pinos que é a mais popular ao redor do mundo. Nesta versão, os pinos são arrumados em forma de triângulo e a pista mede por volta de 20m. Os pinos modernos têm o formato de garrafa e as bolas pesam até 7kg.

Também é mais recente a introdução da contagem com strikes (derrubar todos os pinos em uma só jogada) e spares (derrubar todos os pinos nas duas jogadas a que os competidores têm direito a cada rodada).

Locais:

Centro de Boliche Barra

Destaques

Alçado à modalidade pan-americana em Havana-1991, o boliche tem como principal força os Estados Unidos, que já conquistaram 13 medalhas de ouro no período. México, Canadá, Colômbia e Venezuela são as principais ameaças aos profissionais norte-americanos.

Ao contrário dos Estados Unidos, o Brasil ainda engatinha no esporte e o amadorismo é predominante. No Rio de Janeiro, o País buscará uma medalha inédita com Fábio Rezende, Rodrigo Hermes, Jacqueline Costa e Roseli Santos.

Federação Internacional:

www.fiq.org

AFP
No Brasil, amadorismo ainda é predominante na modalidade
Medalhas do Brasil
0 0 0
Calendário
Julho de 2007
dom seg ter qua qui sex sab
          13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29