Modalidades

Modalidades

Karatê

1ª aparição nos Jogos:

1995

Impedidos de portar armas pelos conquistadores japoneses, os habitantes da ilha de Okinawa começaram a praticar no século XVIII métodos de auto-defesa com as "mãos vazias", significado da expressão karatê em japonês. A arte se espalhou pelo Japão após 1922, quando o mestre Gichin Funakoshi, da Sociedade Okinawa de Artes Marciais, foi convidado pelo Ministério da Educação do país a fazer uma apresentação da modalidade em Tóquio.

Para que pudesse ser praticado como um esporte de competição, foram formuladas regras de combate simulado, evitando que chutes e socos causem ferimentos graves nos atletas e criando a modalidade kumite (combate um-a-um). Na modalidade kata ("forma", em japonês) participantes sozinhos ou em grupo buscam executar formas com o maior grau de perfeição possível.

Locais:

Complexo Esportivo Miécimo da Silva

Destaques

Assim como no judô, o equilíbrio é a palavra de ordem nos torneios de karatê dos Jogos. A diferença é que os protagonistas são outros. Em Santo Domingo-2003, por exemplo, a Venezuela saiu com três ouros, mas Estados Unidos, República Dominicana, Peru, Canadá e Brasil também tiveram campeões.

Desde Mar del Plata-1995, os brasileiros mantêm a média de um ouro por edição. Outras oito de prata e oito de bronze foram conquistadas neste período. No Rio de Janeiro, a expectativa fica por conta de um desempenho ainda melhor desta modalidade em evolução no País.

Federação Internacional:

www.wkf.net

Divulgação
Atletas brasileiros mantêm a média de um ouro por edição
Medalhas do Brasil
3 8 8
Calendário
Julho de 2007
dom seg ter qua qui sex sab
          13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29