Pan-Americano 2007

Pan-Americano 2007

Domingo, 29 de julho de 2007, 17h10  Atualizada às 17h39

Atletismo brasileiro brilha como nunca no Pan

EFE

Sandro Viana comemora a grande vitória do Brasil no revezamento 4x100m
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Faça sua pesquisa na Internet:

Allen Chahad
Carol Gregnanin
Celso Paiva
Liana Pithan
Direto do Rio de Janeiro

O recém-inaugurado Estádio João Havelange foi palco do melhor desempenho do atletismo brasileiro na história dos Jogos Pan-Americanos. Incluindo a maratona, disputada nas ruas do Rio de Janeiro, os atletas nacionais conquistaram nove medalhas de ouro, cinco de prata e nove de bronze. Apenas Cuba, com 12 títulos, foi melhor na modalidade.

» Veja mais do 4x100m
» Veja a vitória de Maurren
» Comente a participação
brasileira no Pan

Hudson de Souza garantiu o bicampeonato nos 1.500m, prova em que Juliana Santos subiu ao lugar mais alto do pódio na disputa feminina. Fabiana Murer e Fábio Gomes da Silva deram ao Brasil a dobradinha também no salto com vara, modalidade em que o País havia conquistado apenas dois bronzes na história, em 1951, com Sinibaldo Gerbasi, e, em 1983, com Tomas Waldemar Hintnaus.

Duas estrelas do atletismo nacional, recordistas sul-americanos, confirmaram o favoritismo no Rio de Janeiro. Jadel Gregório conquistou seu primeiro ouro pan-americano no salto triplo, o quinto da história brasileira na modalidade. Maurren Maggi, em sua volta aos Jogos após suspensão por doping, conquistou o bicampeonato no salto em distância, oito anos depois da vitória em Winnipeg.

Na prova masculina do revezamento 4x100m, Basílio de Morais, Rafael da Silva Ribeiro, Sandro Ricardo Rodrigues Viana e Vicente Lenílson conseguiram manter a hegemonia do Brasil, garantindo o tricampeonato. Franck Caldeira também garantiu o terceiro ouro consecutivo do País na maratona. Vanderlei Cordeiro, então bicampeão, abandonou.

A gaúcha de Sabine Leticia Heitling, de apenas 20 anos, conquistou o ouro mais inesperado do atletismo brasileiro. A atleta superou seu melhor tempo nos 3.000m com obstáculos em seis segundos para garantir a vitória.

Entre os brasileiros que não garantiram medalhas de ouro no Rio de Janeiro, destacaram-se Keila Costa, prata nos saltos triplo e em distância, e Marílson Gomes dos Santos, prata nos 10.000m e bronze nos 5.000.

  • Envie esta notícia por e-mail
  • Imprima esta notícia