Pan-Americano 2007

Pan-Americano 2007

Domingo, 29 de julho de 2007, 19h46 

Rivalidade com Cuba marca lutas de judô

Marcelo Pereira/Terra

Edinanci Silva sobe ao lugar mais alto do pódio no Pan do Rio
Busca
Saiba mais na Internet sobre:
Faça sua pesquisa na Internet:

Allen Chahad
Carol Gregnanin
Celso Paiva
Liana Pithan
Direto do Rio de Janeiro

A rivalidade entre Brasil e Cuba nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro chegou ao seu clímax no judô. Na modalidade, os dois países conquistaram 13 medalhas em 14 categorias disputadas, mas o país da caribenho levou a melhor no critério de ouros: 5 a 4.

» Veja mais fotos
» Veja fotos do masculino
» Comente a participação
brasileira no Pan

O acirrado duelo teve seu lado negativo após a final da categoria até 52kg, na qual a brasileira Erika Miranda perdeu a medalha de ouro para a cubana Sheila Espinosa por uma decisão polêmica da arbitragem. Na ocasião, a torcida insultou os juízes e parte da delegação de Cuba trocou agressões com dirigentes brasileiros.

No tatame, o Brasil teve ótimo desempenho, principalmente entre as mulheres, que tiveram o melhor desempenho em uma edição dos Jogos. Danielle Zangrando conquistou o ouro, assim como Edinanci Silva, bicampeã pan-americana. Daniela Polzin, Mayra Aguiar, Érika Miranda e Danielle Yuri ficaram com a prata, enquanto Priscila Marques garantiu o bronze.

Entre os homens, o campeão mundial João Derly e o medalhista olímpico Tiago Camilo chegaram ao título. João Gabriel Schlitter e Leandro Guilheiro voltaram com a medalha de prata e Alexandre Lee e Luciano Corrêa, com o bronze.

O único brasileiro que não subiu ao pódio foi Flávio Canto, bronze em Atenas e três vezes medalhista em Jogos Pan-Americanos, que se machucou na semifinal da categoria até 81kg.

  • Envie esta notícia por e-mail
  • Imprima esta notícia