PUBLICIDADE
Logo do

Paraná

Favoritar Time

Nedo Xavier não suporta pressão e é demitido do Paraná Clube

Treinador teve apenas 36,4% de aproveitamento em 11 jogos pelo clube paranaense

8 jul 2015 - 17h30
(atualizado às 18h44)
Ver comentários

A má campanha no Campeonato Brasileiro decretou a demissão de mais um técnico na temporada. Nedo Xavier foi oficialmente desligado do Paraná na tarde desta quarta-feira – um dia após a derrota para o Oeste, em Osasco . Para seu lugar, Claudinei Oliveira deve ser oficializado até sexta-feira .

O revés para o time do interior paulista foi o estopim para a saída do treinador. Com o cargo balançado desde o final de semana , o comandante paranista não suportou o fraco futebol apresentado na Série B e foi demitido depois de uma reunião entre a diretoria ainda na terça-feira.

Nedo Xavier era contestado e não mostrou evolução na Série B
Nedo Xavier era contestado e não mostrou evolução na Série B
Foto: Divulgação/Paraná

Contratado perto do início da competição, Nedo Xavier chegou com o projeto de colocar o clube paranaense de volta à elite do futebol brasileiro. Pelo Boa Esporte, em duas oportunidades, o acesso ficou bem próximo mesmo com curto orçamento. Devido às essas campanhas recentes, a direção tricolor apostou na sua contratação.

Entretanto, com o passar do torneio, a equipe não conseguiu achar um padrão. Com uma enorme reformulação no elenco, tendo contratado 17 atletas, o técnico culpou a falta de entrosamento e a necessidade de mais reforços para engrenar no Brasileirão.

Após a derrota para o Paysandu, há cinco rodadas, a direção paranista já começou a se movimentar para trocar o comando. Na época, porém, estourou a “bomba” sobre o leilão da Vila Olímpica do Boqueirão e a decisão foi adiada.

Sem ver evolução no rendimento do time, a demissão era apenas questão de tempo. Com o revés de terça-feira, o Paraná caiu para a 15ª colocação na Série B, com 12 pontos e um a mais que a zona de rebaixamento. Cenário ideal para decretar a passagem de Xavier pela vila Capanema.

De maio para cá, o agora ex-treinador tricolor realizou 11 partidas, com três vitórias, três empates e cinco derrotas. O aproveitamento foi de 36,4%.

Nome favorito

Claudinei Oliveira trocou o Paraná pelo rival Atlético-PR em 2014, durante a disputa do Campeonato Brasileiro
Claudinei Oliveira trocou o Paraná pelo rival Atlético-PR em 2014, durante a disputa do Campeonato Brasileiro
Foto: Paraná Clube / Divulgação

O substituto já tem nome. Claudinei Oliveira tem tudo apalavrado com o clube paranaense e conversa com dirigentes do Paraná há um mês. O treinador, que treinou a equipe em 2014 e trocou pelo rival Atlético-PR, é aguardado nesta semana para assinar contrato.

O acerto só não ocorrerá se o superintendente de futebol, Durval Lara Ribeiro, mudar os planos. O dirigente, responsável pelo departamento de futebol, foi quem segurou Nedo Xavier no cargo até o último momento e tem total liberdade para alterar o planejamento.

Confira o comunicado do clube sobre a saída do técnico:

“O Paraná Clube comunica mudança no comando da equipe para a sequência da Série B. Em comum acordo com a diretoria, Nedo Xavier não é mais o técnico do Tricolor. Contratado em maio, o treinador comandou o time durante 11 partidas. Foram três vitórias, três empates e cinco derrotas. A diretoria do Paraná Clube agradece o profissionalismo, a dedicação e o comprometimento de Nedo Xavier com a instituição durante o período em que esteve no cargo. O novo treinador paranista será apresentado nos próximos dias”, diz o texto no site oficial do clube”.

Fonte: PGTM Comunicação - Especial para o Terra PGTM Comunicação - Especial para o Terra
Publicidade
Publicidade