1 evento ao vivo

Paraná acredita no “fator casa” na Série B

18 ago 2013
18h45
atualizado às 19h42
  • separator
  • 0
  • comentários

No sábado, o Paraná lamentou o empate sofrido diante da Chapecoense. Ganhando por 2 a 0, a equipe paranaense vacilou e deixou a vitória escapar em dois minutos, já na parte final do confronto.

Entretanto, a avaliação está sendo boa. Dos últimos seis jogos, o Paraná atuou apenas duas vezes dentro de casa. E, fora de seus domínios, teve um aproveitamento satisfatório. Das quatro partidas, perdeu apenas uma, empatou outras duas e ganhou uma.

O desempenho manteve o time dentro do G-4, que era o objetivo principal. Agora, nas próximas nove rodadas, o Paraná joga dentro da Vila Capanema em seis oportunidades. Para o técnico Dado Cavalcanti, é hora de fazer a diferença.

“Agora é a nossa hora de voltar para casa. Acredito no poder e apoio da torcida ao nosso lado”, declarou na coletiva. E ainda convocou o torcedor, pedindo para comparecer em peso nesse momento difícil, já que os salários seguem atrasados. “Toda a torcida precisa se mobilizar. Aqueles que estão indo precisam convocar os amigos, pois precisamos de toda a força possível”, finalizou.

Jogando como mandante, o Paraná mostra sua força. Foram sete partidas e nenhuma derrota sofrida. Os “tropeços” aconteceram diante do São Caetano e Joinville, quando o clube paranaense empatou. Nos outros cinco duelos, vitórias. “Esperamos a presença da torcida para continuar nesse ritmo. Somos fortes em casa”, disse o experiente Anderson.

Promoção de ingresso

Com ingresso mais caro da Série B, o Paraná decidiu diminuir mais uma vez o valor, após reclamações da torcida. Contra o Sport, no sábado, a diretoria vai fazer uma promoção para encher a Vila Capanema.

O valor do bilhete, que subiu para R$ 80,00 e voltou para R$ 60,00 - vai custar R$ 40,00 no setor Curva Norte/Reta. A ideia é colocar, no mínimo, 10 mil torcedores. Os ingressos já podem ser adquiridos nesta segunda-feira e terá sorteio de brindes para quem adquirir até sexta-feira.

Fonte: PGTM Comunicação - Especial para o Terra PGTM Comunicação - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade