Pequim
 
Brasil
 

História

Moscou 1980

Destaque
Divulgação
Alexandre Welter
Ao lado de Lars Sigurd Bjorkstrom, o velejador Alexandre Welter conquistou uma das duas medalhas do Brasil na Olimpíada de Moscou. Marcos Pinto Rizzo Soares e Eduardo Henrique Penido, também na vela, ficaram com a outra.
Destaque
AFP
Alexsandr Dityatin
O russo Alexsandr Dityatin ganhou oito medalhas, três delas de ouro. Foi o primeiro ginasta a tirar uma nota 10.
Curiosidades
  • O urso Mischa, mascote dos Jogos, foi um dos mais carismáticos até hoje e encerrou o evento "chorando", por meio de uma performance de displays no estádio Olímpico.
Ficha
  • Período: 19 de julho a 3 de agosto
  • Número de países: 80
  • Número de atletas: 5179 (4064 homens e 1115 mulheres)
  • Modalidades: 23
    atletismo, basquete, boxe, canoagem, ciclismo, esgrima, futebol, ginástica, handebol, hipismo, hóquei sobre a grama, judô, levantamento de peso, luta, natação, pentatlo moderno, pólo aquático, remo, saltos ornamentais, tiro, tiro com arco, vela e vôlei
Medalhas
  • União Soviética806946195
  • Alemanha Ocidental473742126
  • Bulgária8161741
  • Cuba87520
  • Itália83415
  • 17ºBrasil2024

O fato mais memorável das Olimpíadas de Moscou-1980 foi o boicote dos Estados Unidos ao evento. Mais uma vez usado como instrumento político, os Jogos serviram para acirrar a rivalidade entre União Soviética e Estados Unidos no auge do momento histórico chamado "Guerra Fria".

Mais que a ausência dos norte-americanos, foi o pedido destes para que outros países não participassem das Olimpíadas. Resultado: 61 nações ausentes e vitória esmagadora dos soviéticos no quadro de medalhas. Como conseqüência, o nível técnico das provas caiu, pois atletas que haviam se classificado para o torneio não apareceram e foram substituídos por outros de nível inferior.

O Brasil foi um dos privilegiados e participou de algumas modalidades que normalmente não conseguiria índice. Com 109 atletas, o saldo foi de duas medalhas de ouro e duas de bronze, com um 18º lugar na classificação geral.

Os medalhistas brasileiros foram Alexandre Welter e Lars Sigurd Bjorkstrom, e Marcos Pinto Rizzo Soares e Eduardo Henrique Penido, ambas as duplas competindo no iatismo e responsáveis pelo ouro. João do Pulo, no salto triplo, e o revezamento 4x200 metros livre da natação ganharam os bronzes.

O quadro geral de medalhas foi dominado pela União Soviética, com 80 de ouro, seguida pela Alemanha Oriental, com 47 de ouro e, em terceiro, a Bulgária, com oito de ouro.

Os soviéticos, no entanto, prepararam a retaliação, que viria quatro anos mais tarde, com a realização dos Jogos Olímpicos de Los Angeles-1984.

Redação Terra