Pequim
 
Brasil
 

Locais de provas

Centro Aquático Nacional

Agência Xinhua O estádio começou a ser erguido em dezembro de 2003
Ficha
  • Capacidade: 17 mil pessoas
  • Esportes: 3 modalidades
  • Nado sincronizado
  • Natação

Mais conhecido como Cubo d'Água, o Centro Aquático Nacional foi uma das obras mais caras para a Olimpíada. Construído especialmente para os Jogos, custou cerca de US$ 3,4 bilhões.

A construção foi iniciada em 2003 e concluída em janeiro de 2008. O design arrojado do Centro, projetado por arquitetos australianos, rendeu um prêmio na Bienal de Veneza, em 2004.

Com capacidade para 17 mil espectadores, sendo 6 mil permanentes e 11 mil temporários, o local abriga as competições de natação, nado sincronizado e saltos ornamentais.

O detalhe curioso do Cubo d'Água é que sua construção foi inteiramente financiada por doações de chineses.

Redação Terra