Pequim
 
Brasil
 

Pequim 2008

Sexta, 8 de agosto de 2008, 09h09 Atualizada às 07h05

China abre Jogos com megaespetáculo de tecnologia e luzes

  • Notícias

Espetáculo com luzes e tecnologia marcam abertura
Espetáculo com luzes e tecnologia marcam abertura
Reuters

Direto de Pequim

Segredo desvendado. Tecnologia, luzes e a força de 14 mil artistas deram o tom da Cerimônia de Abertura da Olimpíada de 2008, nesta sexta-feira, em Pequim. Foram 44 mil lâmpadas, 10 mil metros de fibra óptica, 11.456 mil fogos de artifício em imenso palco de 400 toneladas, formado no centro do Estádio Olímpico, o Ninho de Pássaro, com uma aparelhagem sonora de 516 amplificadores.

» Veja mais de 100 fotos da cerimônia de abertura
» Confira o show de fogos
» Ex-ginasta "flutua" e
acende tocha gigante

» Comente a cerimônia

Nas arquibancadas, cerca de 90 mil pessoas. Em todo o mundo, bilhões de espectadores assistindo a um megaespetáculo com um show pirotécnico, que coloriu a noite da capital chinesa. Grandes "pegadas", que caminhavam em direção ao Ninho de Pássaro, foram "construídas" por meio dos fogos, simbolizando os países que vieram de longe e percorreram milhares de quilômetros para participar da Olimpíada.

Após uma contagem regressiva marcada pelo forte som dos 2.008 tambores chineses, e mais cores no céu de Pequim, 56 crianças entraram no Estádio Olímpico, representando as 56 etnias do país e carregando a bandeira da China.

Mas os organizadores não deixaram de lado os tradicionais símbolos da Olimpíada. O logo olímpico, formado pelos cinco aros que representam os continentes, surgiu no centro do palco. Os anéis, feitos com milhares de mini-lâmpadas, "flutuavam" pelo estádio.

Nesse mesmo palco, surgiam surpresas para os espectadores, como um globo terrestre gigante e um piano. Nesse momento, um músico chinês e uma criança de 5 anos tocaram o instrumento, enquanto dançarinos, vestidos com roupas inteiramente verdes fizeram coreografia em meio a luzes, para representar a alta tecnologia chinesa.

Além dos tambores, outros antigos instrumentos e modalidades musicais da China apareceram na performance da cerimônia. O Fou, instrumento mais antigo do país, é feito pelo barro ou bronze. Já o Guqin é um antigo instrumento de corda. No evento, foi exibido Guqin feito há mais de 1 mil anos.

Na Cerimônia, foi possível ouvir também a Ópera de Pequim, bem como a canção de Kunqu, uma forma de teatro chinês tradicional listada como patrimônio cultural do mundo.

Com território vasto e numerosos dialetos, existem centenas de óperas locais tradicionais na China.

Dezenas de chefes de Estado e de Governo, entre eles o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, o presidente francês Nicolas Sarkozy, o primeiro-ministro russo Vladimir Putin, e o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, entre outros, assistiram à cerimônia dos Jogos organizados pela China.

Além disso, mais de 10 mil atletas de 204 países e regiões participaram do desfile na cerimônia no Ninho de Pássaro, situado no norte da capital chinesa.

Olimpíada no Terra: ao vivo e exclusivo

O Terra transmite ao vivo e com exclusividade a competição em 13 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito. Na área Fanzone, o usuário pode ser o comentarista, gravar vídeos com sua câmera e compartilhá-los com a audiência do Terra. Envie vídeos, fotos e textos para os atletas e as equipes.
Clique e participe.

Siga os Jogos no Celular: wap.terra.com.br ou no iphone (www.terra.com.br/jogosolimpicos)


Redação Terra