Pequim
 
Brasil
 

Pequim 2008

Domingo, 10 de agosto de 2008, 10h03 Atualizada às 06h54

Brasil decide por equipes; Jade vai a duas finais

Jade garante vaga em duas finais na Olimpíada
Jade garante vaga em duas finais na Olimpíada
Marcelo Pereira/Terra


Renato Pazikas
Direto de Pequim

Além de ajudar o Brasil a garantir a vaga inédita para a final por equipes da ginástica artística nos Jogos Olímpicos de Pequim com 233,800, em sétimo lugar, Jade Barbosa brilhou na capital chinesa e confirmou presença em mais duas decisões individuais, neste domingo. No último aparelho, a trave, a ginasta caiu logo na entrada e, ao abraçar o técnico Oleg Ostapenko, não conseguiu segurar as lágrimas e chorou, como já havia acontecido nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro.

» Com "Brasileirinho", Daiane repete final no solo
» Assista aos Jogos Olímpicos de Pequim em seu desktop e compartilhe no Orkut
» Comente o desempenho
das ginastas do Brasil

Maior esperança de medalha na ginástica entre as mulheres, Jade se classificou para a decisão do salto sobre o cavalo em sétimo lugar, com a nota 15,050, e para a final do individual geral, já que ficou entre as 24 melhores ginastas, contando todos os aparelhos. Somando todos os aparelhos, a ginasta chegou a 59,500 e terminou em 12º.

Quem também conseguiu se classificar para a final do individual geral foi Ana Cláudia Silva, que terminou na 28ª posição geral. Apesar de apenas as 24 primeiras atletas se classificarem para a disputa por medalhas, apenas duas ginastas por país podem participar. Com isso, Ana pulou para a 23ª posição e se garantiu na final

O primeiro aparelho foi o solo e, mesmo ficando fora da final, Jade não fez feio. Ao som de um ritmo bem brasileiro, a capoeira, a ginasta cravou 14,900, terminando em com o 13º lugar. Mas o Brasil não vai ficar sem uma representante nesse aparelho. Daiane dos Santos tirou 15,275 e se classificou em quinto lugar.

Nas barras assimétricas, terceiro aparelho, Jade ficou só com o 22º lugar, com a nota de 14,800. Na última apresentação do dia, na trave, a brasileira caiu logo no movimento de entrada, encerrando a série com 14.700.

Com esses resultados, ao todo, o Brasil se garantiu em quatro finais no feminino. No último sábado, o brasileiro Diego Hypólito, irmão de Danielle, garantiu presença, com a melhor nota, no solo.

A final por equipes será realizada na terça-feira, às 23h30 (de Brasília). Jade irá participar da final individual geral na sexta-feira à 0h15 e do salto, no domingo, às 7h45.

Olimpíada no Terra: ao vivo e exclusivo

O Terra transmite ao vivo e com exclusividade a competição em 13 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito. Na área Fanzone, o usuário pode ser o comentarista, gravar vídeos com sua câmera e compartilhá-los com a audiência do Terra. Envie vídeos, fotos e textos para os atletas e as equipes. Clique e participe. Clique e participe.

Siga os Jogos no celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone, blackberry e N95: www.terra.com.br/jogosolimpicos


Redação Terra