Pequim
 
Brasil
 

Pequim 2008

Quarta, 13 de agosto de 2008, 01h22 Atualizada às 02h29

China leva ouro inédito na ginástica; Brasil é 8º

Daiane dos Santos competiu com a equipe brasileira que terminou no 8º lugar em Pequim
Daiane dos Santos competiu com a equipe brasileira que terminou no 8º lugar em Pequim
Marcelo Pereira/Terra

Allen Chahad
Julio Gomes Filho
Direto de Pequim

A China (188,900) ficou com a inédita medalha de ouro na final por equipes da ginástica artística, nesta quarta-feira, na Olimpíada de Pequim. As donas da casa deixaram as norte-americanas (186,525) com a prata, enquanto as romenas (181,525) completaram o pódio com o bronze. As atletas brasileiras (174,875) pioraram a maioria de seus desempenhos da classificação e ficaram na oitava e última colocação.

Lotado, o National Indoor Satadium viu uma final histórica. Na apresentação do último aparelho que decidiu a medalha de ouro (o solo), chinesas e norte-americanas fizeram um duelo emocionante, que levou à loucura os torcedores locais. A "vilã" da equipe dos EUA foi Alicia Sacramone, que sofreu quedas durante suas apresentações na trave e no solo.

Já a Romênia surpreendeu ao ficar com a medalha de bronze. Apesar de ter ficado com o ouro nos Jogos de Atenas-2004, o país competiu em Pequim com uma equipe completamente renovada. Mesmo sem tanta experiência internacional, as romenas conseguiram superar as russas, que precisaram se contentar com a quarta colocação.

Apesar de ter se classificado pela primeira vez na história dos Jogos para uma decisão por equipes, ficou um "gostinho amargo" para o time brasileiro - formado por Jade Barbosa, Daiane dos Santos, Daniele Hypólito, Laís de Souza, Ethiene Franco e Ana Cláudia. Além de ter avançado para a final com um sétimo lugar, o País havia sido quinto colocado na disputa do último Mundial da modalidade.

A baixa pontuação se deve em parte por um erro da ginasta brasileira Ana Cláudia, que custou 1,2 ponto à equipe.

Ela deixou de fazer um movimento e por isso teve a pontuação menor. Com dois pontos a mais, a equipe brasileira poderia ter chegado ao quinto lugar.

"Estamos muito contentes com a nossa participação. Foi só uma pena a Ana ter errado a pirueta", disse Eliane Martins, chefe da delegação brasileira de ginástica.

Na decisão por equipes, oito países competem com três apresentações em cada aparelho - solo, salto sobre o cavalo, barras assimétricas e trave. Daniele melhorou sua performance nas barras assimétricas e na trave. Jade conseguiu superar seu desempenho da classificação apenas na trave, enquanto Daiane repetiu exatamente a mesma pontuação no solo.

Na sexta-feira (horário de Brasília), Jade disputará a final do individual geral. Já no domingo, os brasileiros estarão em outras três disputas de medalhas: Jade no salto feminino, Daiane no solo feminino e Diego Hypólito no solo masculino.

Confira a classificação final por equipes:

China - 188,900
EUA - 186,525
Romênia - 181,525
Rússia - 180,625
Japão - 176,700
Austrália - 176,525
França - 175,275
Brasil - 174,875

Confira as notas das brasileiras por aparelho:

Solo
Ana Cláudia - 13,375
Jade Barbosa - 14,325
Daiane dos Santos - 15,275
Total - 42,975

Salto sobre o cavalo
Laís Souza - 14,600
Daiane dos Santos - 14,675
Jade Barbosa - 15,025
Total - 44,300

Barras assimétricas
Daniele Hypólito - 14,625
Laís de Souza - 14,350
Jade Barbosa - 14,725
Total - 43,700

Trave
Ethiene Franco - 13,675
Jade Barbosa - 15,300
Daniele Hypólito - 14,925
Total - 43,900

Olimpíada no Terra: ao vivo e exclusivo

O Terra transmite ao vivo e com exclusividade a competição em 13 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito. Na área Fanzone, o usuário pode ser o comentarista, gravar vídeos com sua câmera e compartilhá-los com a audiência do Terra. Envie vídeos, fotos e textos para os atletas e as equipes. Clique e participe. Clique e participe.

Siga os Jogos no celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone, blackberry e N95: www.terra.com.br/jogosolimpicos


Redação Terra