Pequim
 
Brasil
 

Pequim 2008

Quarta, 13 de agosto de 2008, 23h53 Atualizada às 00h56

Cielo empata com herói americano e leva bronze

Cielo exibe medalha de bronze ao lado de norte-americano
Cielo exibe medalha de bronze ao lado de norte-americano
AP

Celso Paiva
Direto de Pequim

O brasileiro César Cielo conquistou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim nesta quinta-feira. O nadador garantiu o terceiro lugar na prova dos 100 m livre empatado com o herói norte-americano Jason Lezak.

Na raia oito da piscina do Cubo D'Água, César Cielo largou bem e chegou a brigar pela liderança durante os primeiros 50 metros. Ele manteve o ritmo forte na segunda parte da prova e garantiu a medalha de bronze com o tempo de 47s67, novo recorde sul-americano.

Herói dos Estados Unidos no revezamento 4x100 m livre, Jason Lezak fez exatamente o mesmo tempo do brasileiro, e também assegurou uma medalha de bronze. Último a nadar pela equipe norte-americana, ele ultrapassou o francês Alain Bernard e garantiu o segundo ouro de Phelps na China.

Desta forma, Cielo recoloca a natação brasileira no pódio olímpico após oito anos. A última medalha do País nos Jogos saiu em Sidney, quando Carlos Jayme, Edvaldo Valério, Fernando Scherer e Gustavo Borges levaram o bronze no revezamento 4x100 m livre.

César Cielo é o primeiro nadador brasileiro a ganhar uma medalha olímpica em prova prova individual nos últimos 12 anos. Antes dele, nos Jogos Olímpicos de Atlanta, disputados em 1996, Fernando Scherer ficou com o bronze nos 50 m livre e Gustavo Borges foi prata nos 100 m livre.

O nadador brasileiro brigou com concorrentes de peso nos 100 m. O francês Alain Bernard venceu a prova com 47s21. No segundo lugar, chegou o recordista mundial australiano Eamon Sullivan, que completou a prova em 47s32.

Após ganhar o bronze, César Cielo pensa na disputa dos 50 m livre. A prova classificatória acontece ainda nesta quinta-feira. Na sexta, será realizada a semifinal da categoria. A briga pela medalha está marcada para o sábado.

Olimpíada no Terra: ao vivo e exclusivo

O Terra transmite ao vivo e com exclusividade a competição em 13 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito. Na área Fanzone, o usuário pode ser o comentarista, gravar vídeos com sua câmera e compartilhá-los com a audiência do Terra. Envie vídeos, fotos e textos para os atletas e as equipes. Clique e participe. Clique e participe.

Siga os Jogos no celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone, blackberry e N95: www.terra.com.br/jogosolimpicos


Redação Terra