Pequim
 
Brasil
 

Pequim 2008

Sábado, 16 de agosto de 2008, 00h34 Atualizada às 13h48

Após vitória questionada, Phelps tem ouro garantido

Análise de vídeo mostra que Phelps bateu primeiro
Análise de vídeo mostra que Phelps bateu primeiro
Getty Images

A Federação Internacional de Natação (FINA) confirmou a vitória do americano Michael Phelps na prova dos 100 metros borboleta dos Jogos Olímpicos de Pequim, após uma revisão detalhada do vídeo.

A revisão foi pedida pela equipe da Sérvia, que teve o nadador Mirolad Cavic em segundo na prova. O americano venceu a final com apenas um centésimo de vantagem sobre o sérvio, que teve de se conformar com a prata.

De acordo com o porta-voz da FINA, o vídeo foi revisado em até 10 milésimos de segundo e demonstra que Phelps venceu a prova e conquistou assim sua sétima medalha de ouro em Pequim.

O árbitro da prova, o queniano Ben Ekumbo, representante da FINA, explicou que "recebeu um protesto da Sérvia imediatamente após a prova, no qual era questionada a chegada de seu nadador. Segundo nossas regras, ouvimos os protestos e procedemos a uma revisão".

"Antes de dar uma resposta à Sérvia, revisei pessoalmente a gravação da prova e ficou muito claro que o nadador sérvio terminou em segundo lugar", declarou Ekumbo.

Além disso, o equipamento de cronometragem "estava em perfeitas condições" de funcionamento, afirmou.

Após um exame do vídeo e das imagens do photo-finish, a FINA decidiu manter a ordem do pódio e dos tempos, com Phelps em primeiro lugar com 50s58, Cavic em segundo com 50s59 e o australiano Andrew Lauterstein em terceiro, com o tempo de 51s12.

Ekumbo explicou ainda que a diferença aconteceu porque "um dos nadadores (Phelps) fazia um movimento e o outro (Cavic) deslizava".

"Perder por um centésimo de segundo é o mais difícil de aceitar, sobretudo em uma final olímpica. Sei que eu sempre acabo me esticando, e que ele (Phelps) tem um final curto (em movimento)", lamentou o nadador sérvio depois da prova.

Os sérvios aceitaram o resultado depois da revisão oficial e decidiram não apelar.

Olimpíada no Terra: ao vivo e exclusivo

O Terra transmite ao vivo e com exclusividade a competição em 13 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito. Na área Fanzone, o usuário pode ser o comentarista, gravar vídeos com sua câmera e compartilhá-los com a audiência do Terra. Envie vídeos, fotos e textos para os atletas e as equipes. Clique e participe. Clique e participe.

Siga os Jogos no celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone, blackberry e N95: www.terra.com.br/jogosolimpicos


AFP