Pequim
 
Brasil
 

Pequim 2008

Segunda, 18 de agosto de 2008, 08h52 Atualizada às 11h47

Brasil dá show, se vinga de alemãs e luta pelo ouro

Brasileiras dão show em Xangai e goleiam rivais alemãs
Brasileiras dão show em Xangai e goleiam rivais alemãs
AP

Bernardo Ramos
Direto de Xangai

Mais uma vez brilhou a estrela de Marta. Com grande ajuda da companheira Cristiane, a camisa 10 comandou o show do Brasil em Xangai e classificou a Seleção para a final do torneio olímpico de futebol. A equipe não só derrotou a Alemanha pela primeira vez na história como também goleou e, com um placar de 4 a 1, conseguiu se vingar do "fastasma" alemão do Mundial de 2007, também em território chinês.

No ano passado, as brasileiras não conseguiram derrotar as rivais na decisão da Copa do Mundo feminina de futebol e foram superadas pelas alemãs por 2 a 0.

Foi um triunfo inédito. Agora, em sete jogos disputados entre os dois times, são quatro derrotas brasileiras, dois empates e apenas uma vitória.

Na primeira fase da Olimpíada deste ano, o Brasil teve a oportunidade de devolver o resultado do Mundial mas, em uma partida muito disputada, a Seleção não saiu de um 0 a 0 e seguiu com as alemãs entaladas na garganta.

Foram dois gols de Cristiane, um de Formiga e outro de Marta. Ao balançar as redes duas vezes na partida desta segunda, Cristiane se torna a maior artilheira de todas as edições dos Jogos Olímpicos ao lado da alemã Prinz. São dez gols para cada uma.

Na final da Olimpíada, mais um carrasco brasileiro. A Seleção irá enfrentar os Estados Unidos, que venceu o Brasil na final da competição em Atenas 2004. Na ocasião, as norte-americanas ficaram com o ouro ao triunfarem por 2 a 1, com um gol na prorrogação.

O jogo

O sonho do ouro olímpico parecia que iria virar pesadelo. Logo aos 9min de jogo, após falha de Érika, a goleadora alemã Prinz não perdoou, driblou a arqueira brasileira Bárbara e só teve o trabalho de tocar para o fundo das redes.

Com uma marcação forte, a seleção da Alemanha não permitia uma aproximação brasileira. Quando uma jogadora do Brasil recebia a bola, duas adversárias já encostavam. Assim, a Alemanha pressionava para tentar marcar o segundo e ampliar o placar.

A Seleção tentava encontrar espaços e conseguiu chegar com perigo. Após cobrança de escanteio, a zaga européia afastou e a bola sobrou para Marta. De fora da área, a camisa 10 arrematou e obrigou Angerer a fazer boa defesa.

A equipe comandada por Jorge Barcellos tentava se encontrar em campo, mas parava na eficiência defensiva adversária. A alternativa: arriscar de fora da área. Daniela Alves avançou e chutou, mas novamente a camisa 1 alemão caiu para fazer a defesa. As bolas paradas também eram opção para a Seleção. Em cobrança de escanteio, Cristiane subiu mais alto que a zaga e cabeceou para assustar as alemãs.

A Seleção insistia e novamente a jogada individual fez a diferença. Desta vez com Cristiane, aos 42min da primeira etapa. A camisa 11 fez grande jogada pela esquerda e tocou rasteiro para dentro da área. Marta errou o chute e a bola sobrou para Formiga, que bateu forte, sem chances para Angerer.

Para a segunda etapa, a equipe brasileira voltou sem alterações, mas com mudanças na atitude. As meninas partiram para cima das adversários e a tática deu resultado. Logo aos 3min, começou a brilhar a estrela de Marta. A melhor do mundo arrancou pela direita, esperou o momento certo e rolou para Cristiane tocar para virar a partida. Brasil 2, Alemanha 1.

A camisa 10 queria mais jogo. Em mais um contra-ataque pela direita, Marta foi para cima da adversária, levou vantagem e, de bico, chutou cruzado para marcar mais um para a Seleção.

Foi a vez então de brilhar a estrela da camisa 11 Cristiane. Aos 29min, ela dominou, passou por quatro alemãs e tocou na saída da goleira alemã. Um golaço para decretar a goleada brasileira e garantir a Seleção na decisão da Olimpíada de Pequim.

Olimpíada no Terra: ao vivo e exclusivo

O Terra transmite ao vivo e com exclusividade a competição em 13 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito. Na área Fanzone, o usuário pode ser o comentarista, gravar vídeos com sua câmera e compartilhá-los com a audiência do Terra. Envie vídeos, fotos e textos para os atletas e as equipes. Clique e participe.

Siga os Jogos no celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone, blackberry e N95: www.terra.com.br/jogosolimpicos

Ficha Técnica

Brasil 4 x 1 Alemanha

Equipes

Bárbara
Simone Jatobá
Renata Costa
Tânia Maranhão
Érika
Maykon
Ester
Formiga
Daniela Alves
(Francielle)
Marta
Cristiane
(Fabiana)

Angerer
Stegemann,
Krahn,
Hingst
Peter
Behringer
(Bajmaraj)
Linger
Laudehr
Garafrekes
Prinz
Mittag
(Okoyino da Mbabi)


Técnico:
Jorge Barcellos

Técnico:
Silvia Neid

Gols

1ºT 42min - Formiga 9min - Prinz
2ºT 3min - Cristiane
8min - Marta
29min - Cristiane
-------------

Cartões amarelos

Renata Costa
Marta

Laudehr
Prinz

Local

Estádio Olímpico, em Xangai (China)

Árbitro:

Eun Ah Hong (CDS)


Redação Terra