Pequim
 
Brasil
 

Pequim 2008

Quinta, 21 de agosto de 2008, 09h36 Atualizada às 10h05

Norte-americanos deixam bastão cair e Brasil vai à final

Erro na passagem do bastão elimina EUA do 4x100 m
Erro na passagem do bastão elimina EUA do 4x100 m
AP

Renato Pazikas
Direto de Pequim

Um erro incrível confirmou a fraca campanha dos atletas mais velozes dos Estados Unidos nas pistas dos Jogos Olímpicos de Pequim. Na manhã desta quinta-feira, na primeira bateria eliminatória do revezamento 4x100 metros, no Ninho de Pássaro, os norte-americanos derrubaram o bastão, terminaram na última colocação e ainda não tiveram o tempo registrado pela arbitragem. Melhor para o Brasil, que vai à final da modalidade com o sétimo tempo.

Com a eliminação dos EUA, está aberto o espaço para mais uma promessa de vitória da agora franca favorita Jamaica, ainda sem Usain Bolt e com o segundo melhor tempo geral, 38s31. Os norte-americanos ficaram sem ouro também nos 100 m e 200 m.

A falha que custou a presença norte-americana na decisão dos 4x100 m ocorreu na última passagem do bastão. Até então correndo ponta-a-ponta com os líderes, Darvis Patton se atrapalhou e acabou derrubando o objeto no chão ao tentar entregá-lo para Tyson Gay, que fecharia o revezamento.

O Brasil terminou sua bateria na quarta colocação, com o tempo de 39s01. O time, formado por José Carlos Moreira, Bruno de Barros, Vicente Lenílson e Sandro Viana, conseguiu ir à final por ter ficado com o sétimo tempo entre os oito melhores.

Trinidad e Tobago, Japão e Holanda completam a relação de classificados pela primeira bateria eliminatória para a final, que acontece nesta sexta-feira, novamente no Ninho de Pássaro.

Na segunda sessão classificatória, além da Jamaica, Canadá, Alemanha e China garantiram presença na decisão.

Com isso, todos os medalhistas dos 4x100 m de Atenas 2004 estão eliminados. Os nigerianos, candidatos à surpresa, farão companhia a norte-americanos e principalmente à Grã-Bretanha, ouro quatro anos atrás e cujo duelo com os EUA era um dos eventos mais esperados. Os britânicos acabaram declassificados por cometerm infrações na passagem do bastão.

Olimpíada no Terra: ao vivo e exclusivo

O Terra transmite ao vivo e com exclusividade a competição em 13 canais simultâneos de vídeo. Além disso, os usuários têm a possibilidade de assistir novamente a todo o conteúdo a qualquer momento. Todo o acesso é gratuito. Na área Fanzone, o usuário pode ser o comentarista, gravar vídeos com sua câmera e compartilhá-los com a audiência do Terra. Envie vídeos, fotos e textos para os atletas e as equipes. Clique e participe.

Siga os Jogos no celular
wap: wap.terra.com.br
Iphone, blackberry e N95: www.terra.com.br/jogosolimpicos


Redação Terra