Pequim
 
Brasil
 

Pequim 2008

Domingo, 24 de agosto de 2008, 03h05 Atualizada às 17h21

EUA vencem e acabam com sonho brasileiro

Bruno e Dante lamentam derrota do Brasil na decisão
Bruno e Dante lamentam derrota do Brasil na decisão
Marcelo Pereira/Terra

Julio Gomes Filho
Direto de Pequim

O time masculino de vôlei dos Estados Unidos conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim neste domingo. Na decisão, a equipe venceu o Brasil por 3 sets a 1, com parciais de 20/25, 25/22, 25/21 e 25/23, e acabou com o sonho do bicampeonato olímpico da Seleção.

Para Bernardinho, a derrota diante dos norte-americanos tem sabor ainda mais amargo. Nos Jogos de 1984, realizados em Los Angeles, ainda como jogador, ele foi superado pelos donos da casa na decisão.

Apesar dos resultados expressivos conquistados nos últimos anos, o Brasil chegou a Pequim com seu favoritismo abalado. A queda de rendimento começou justamente diante dos Estados Unidos, que venceram a Seleção na semifinal da Liga Mundial, no Rio de Janeiro.

Com este resultado, a equipe norte-americana volta a subir no lugar mais alto do pódio do vôlei masculino após 20 anos. Campeões em 1984 e 1988, os Estados Unidos igualam a União Soviética e conseguem o tricampeonato olímpico.

O time norte-americano chegou à decisão dos Jogos com 100% de aproveitamento - sete vitórias em sete partidas. Já o Brasil foi derrotado pela Rússia ainda na primeira fase. Incomodado com as críticas pelo revés, Bernardinho chegou a desabafar após a vitória sobre a Polônia.

O Brasil não teve grandes dificuldades para vencer o primeiro set. A Seleção dominou as ações desde o início e liderou o placar com tranqüilidade. Na parte final da parcial, a Seleção vencia por 16 a 10. A equipe soube como administrar a vantagem e fechou em 25/20.

O Brasil sofreu com os potentes saques de Stanley no segundo set. Com a presença do oposto no saque desde o início, os Estados Unidos abriram 6 a 0. A Seleção chegou a fazer 20/21, mas as entradas de Rodrigão no bloqueio e André Nascimento para sacar não impediram o revés por 25/21.

Depois de ver o Brasil dominar o primeiro set e os norte-americanos responderem no segundo, o público acompanhou uma disputa mais equilibrada na terceira parcial. Na metade do duelo, no entanto, os Estados Unidos passaram a explorar os erros do time brasileiro e conseguiram fechar em 25/21.

No último set, o Brasil melhorou significativamente e chegou a liderar por 20/17. No entanto, o time de Bernardinho permitiu a reação dos norte-americanos, que fecharam o jogo em 25/23 e garantiram a medalha de ouro olímpica.


Redação Terra