4 eventos ao vivo

Ponte aguarda para anunciar atacante do Mogi e dispensa meia

9 mai 2013
15h07
atualizado às 15h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Os próximos dias prometem ser decisivos para que a Ponte Preta anuncie mais um reforço visando o Campeonato Brasileiro. Destaque do Mogi Mirim no Campeonato Paulista e sondado por Santos e Palmeiras, o atacante Roni está bem próximo de fechar com o clube campineiro, que já enviou uma proposta oficial e aguarda apenas a resposta positiva.

As conversas entre as duas diretorias começaram há algumas semanas e a Ponte ofereceu R$ 3 milhões por 80% do passe de Roni. O problema é que o atacante pertence à Energy Sports, empresa que “colocou” muitos jogadores no Mogi Mirim e está rompendo com o clube. Enquanto as partes não resolverem esse imbróglio, os campineiros nada podem fazer, a não ser esperar.

"O Mogi nos enviou uma proposta e respondemos positivamente. Parece que a parceria que eles (Mogi) têm lá está se desfazendo e as partes não estão chegando a um acordo. Temos que esperar, pois já demos o ok para a proposta. A negociação envolve apenas o Roni", afirmou o executivo de futebol Ocimar Bolicenho ao Terra.

<p>Em meio a imbróglio de Mogi com empresa, Roni fica mais perto da Ponte</p>
Em meio a imbróglio de Mogi com empresa, Roni fica mais perto da Ponte
Foto: Rodrigo Villalba / Futura Press

Tanto a empresa quanto a diretoria do Mogi Mirim revelaram que a Ponte Preta foi a única que enviou uma proposta oficial pelo atacante, e a expectativa é que ocorra uma definição até a próxima segunda-feira. Santos e Palmeiras apenas sondaram a situação de Roni. O técnico Muricy Ramalho fez elogios ao jogador, mas negou que tenha alguma negociação em andamento.

Aos 22 anos, Roni é revelado nas categorias de base do próprio Mogi Mirim e foi um dos principais destaques do Campeonato Paulista. Apesar de usar a camisa 10, o jogador atua como atacante - tanto que terminou como artilheiro do time, com nove gols.

Por outro lado, a diretoria da Ponte Preta continuou o processo de faxina e dispensou o meia-atacante Diego Rosa. Contratado junto ao Vasco da Gama, o jogador tinha contrato até o fim do ano, mas teve seu vínculo rescindido e está livre para procurar outro clube. Durante o Campeonato Paulista, ele chegou a alternar a titularidade com Chiquinho ao lado de William, marcando dois gols, mas caiu de rendimento na reta final e perdeu espaço para Rildo e Everton Santos.

Fonte: André Regi Esmeriz - Especial para o Terra André Regi Esmeriz - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade