0

Ponte Preta bate o Paulista em Jundiaí e assume a vice-liderança

24 mar 2013
20h31

A Ponte Preta segue a perseguição ao São Paulo na tabela do Campeonato Paulista. Neste domingo, a equipe derrotou o Paulista por 1 a 0 fora de casa, manteve a invencibilidade na competição e ultrapassou o Santos na vice-liderança.

O gol foi marcado por William, que cabeceou uma cobrança de falta aos 17 minutos do segundo tempo. Assim, o centroavante chega aos oito gols e se torna o artilheiro isolado do Campeonato Paulista.

Assim, a Macaca volta a vencer após empatar por 1 a 1 com a União Barbarense na última rodada. O Paulista, por outro lado, não consegue iniciar uma sequência de vitórias após derrotar o Guarani por 2 a 1 fora de casa.

A vitória leva a Ponte aos 30 pontos em 14 jogos na vice-liderança do Campeonato Paulista. A equipe disputou uma partida a mais, mas soma dois pontos a menos do que o São Paulo. O Paulista, por outro lado, segue com 17 pontos na parte intermediária da tabela.

O jogo - A Ponte Preta começou arriscando finalizações de fora da área, mas sem pontaria. A melhor chance da equipe no primeiro tempo, no entanto, veio aos 18 minutos, quando Artur recebeu pela direita e cruzou. Ninguém desviou e a bola bateu na trave direita de Richard.

As poças d’água no gramado dificultavam a armação de jogadas. Renato ameaçou para o Paulista em chute de primeira aos 25 minutos e, aos 40, Artur cruzou para William desviar de carrinho à esquerda do gol do time mandante, mas o jogo tinha poucas emoções.

Já no segundo tempo, aos 16 minutos, o time de Jundiaí teve a sua melhor chance até então com Chiquinho limpando a marcação e batendo forte de esquerda, fazendo a bola passar com perigo por cima do gol.

A chance desperdiçada custou caro. Logo no lance seguinte, a Macaca abriu o placar com William cabeceando uma cobrança de falta após uma infração punida com cartão amarelo do próprio Chiquinho.

O Paulista, porém, começou a pressionar em busca do empate. Aos 29 minutos, Marcelo Macedo bateu com perigo da entrada da área, fazendo a bola passar pouco acima do travessão.

Aos 40 minutos, quando Hudson fez jogada individual pela direita e cruzou para Alfredo bater à esquerda do gol de Edson Bastos. Dois minutos depois, a equipe teve outra grande chance com Alfredo cabeceando na pequena área e levando muito perigo, mas fazendo a bola sair à esquerda do gol.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade