0

Ponte Preta considera “impossível” repatriar Renato Cajá

25 dez 2012
14h52
atualizado às 16h26
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O meia Renato Cajá não voltará para a Ponte Preta. Quem garantiu foi o presidente do clube de Campinas, Márcio Della Volpe, que disse não ter condições de tirar o jogador do Kashima Antlers, do Japão.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta sexta-feira a atualização do ranking nacional de clubes. O <strong>Fluminense</strong>, atual campeão brasileiro, assumiu a liderança da lista, com <strong>16.208</strong> pontos. A queda mais notória foi do Palmeiras, líder na última edição, que caiu para o oitavo lugar. Confira, a seguir, os 20 primeiros colocados da relação:
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta sexta-feira a atualização do ranking nacional de clubes. O Fluminense, atual campeão brasileiro, assumiu a liderança da lista, com 16.208 pontos. A queda mais notória foi do Palmeiras, líder na última edição, que caiu para o oitavo lugar. Confira, a seguir, os 20 primeiros colocados da relação:
Foto: Getty Images

"Ele está muito bem lá. Conversei com o empresário dele para saber de outros atletas e fui informado de que o Cajá está satisfeito, querendo ficar. Não se de onde surgiu a especulação. Lógico que a Ponte gostaria de contar com ele, mas é impossível", comentou Della Volpe à Rádio Bandeirantes.

Sem sonhar mais com Renato Cajá, a Ponte Preta ainda almeja a contratação do meio-campista peruano Cachito Ramírez, do Corinthians. Até o momento, o clube de Campinas já reforçou o setor para 2013 com Dinelson, Wellington Bruno, Diego Rosa e Geovane.

Baixe gratuitamente o aplicativo Sigo meu Time e acompanhe seu time do coração

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade