0

Ponte recebe propostas de técnicos; comandante do Mogi é favorito

21 set 2012
13h44
atualizado às 15h30

Com uma campanha regular no Campeonato Brasileiro - na 11ª colocação, com 33 pontos, longe do risco de rebaixamento -, a Ponte Preta tem uma vasta lista em mãos para selecionar o treinador que ocupará o cargo deixado por Gilson Kleina, que assumiu o Palmeiras.

Segundo a diretoria, o clube recebeu 36 propostas, sendo 27 de técnicos desempregados e outros nove empregados, que despertaram interesse em assumir a Ponte. Alguns deles, inclusive, são rodados e experientes e outros já até tiveram passagem pelo clube de Campinas.

O currículo mais curioso apresentado pela diretoria foi o de um jovem de 22 anos, que se diz experiente e profundo conhecedor do futebol e que atualmente comanda um time amador de Minas Gerais. Toda sua comissão técnica custaria R$ 50 mil, sendo R$ 10 mil para ele, outros R$ 10 mil para seu auxilar e o restante para um atleta com experiência na Seleção Brasileira, mas que não pode ter o nome divulgado no momento.

O mais cotado para assumir o cargo é Guto Ferreira, que dirige o Mogi Mirim. O treinador fez boa campanha com o time no Campeonato Paulista deste ano, no qual foi campeão do interior. Atualmente, comanda a equipe na Série D do Brasileiro e tem uma decisão no domingo: disputa a segunda partida das quartas de final, contra o Cianorte, no Paraná. O primeiro jogo foi em Mogi Mirim e o time da casa foi derrotado por 2 a 1. Se reverter a situação, garante vaga na Série C.

Com isso, seu trabalho no Mogi na temporada estará praticamente concluído neste domingo - ou garante o acesso ou é eliminado -, e o treinador terá caminho livre para acertar com a Ponte Preta.

Com a saída de Gilson Kleina (foto) para o Palmeiras, time de Campinas busca substituto
Com a saída de Gilson Kleina (foto) para o Palmeiras, time de Campinas busca substituto
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Fonte: Lancepress!
publicidade