1 evento ao vivo

Rodrigo Fabri defende Veiga e diz faltar confiança na Lusa

30 jul 2014
08h32
atualizado às 10h27
  • separator
  • 0
  • comentários

Revelado pela Portuguesa na década de 90, Rodrigo Fabri já encerrou sua carreira como jogador, mas está de volta ao Canindé para um desafio ainda mais complicado. O ex-meia agora é diretor de futebol da Lusa e tenta tirar a equipe da zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Brasileiro. De acordo com o ídolo rubro-verde, a equipe precisa, antes de tudo, recuperar sua confiança dentro de campo.

Nesta terça-feira, mesmo jogando em casa, a Portuguesa voltou a atuar mal. Sob vaias e protestos da torcida, a equipe só empatou sem gols com o Oeste, permanecendo na degola da segunda divisão. Apesar do ruim futebol apresentado, Rodrigo Fabri garante que o treinador Marcelo Veiga está garantido no cargo para as próximas rodadas da competição.

"Temos que pensar com muita calma. Damos suporte para o Marcelo trabalhar e realmente depois da Copa os resultados não estão aparecendo. A equipe também não está atuando bem. Acho que está faltando confiança, uma ou duas vitórias seguidas, para o time desempenhar um papel melhor", destacou o diretor de futebol.

De acordo com Rodrigo Fabri, uma série de fatores contribuiu para o momento delicado vivido na temporada. Logo no início do ano, com os problemas judiciais que culminaram no rebaixamento à Série B, o diretor de futebol sabia que seria complicado montar um time, já que o clube do Canindé não teve planejamento para disputar a competição. Agora, a Lusa recorre às pressas ao mercado para tentar montar um elenco competitivo e afastar a crise.

"A Portuguesa não tinha dinheiro para contratar e foi fazendo milagre. Começou errado e sabíamos que seria um sofrimento. Estamos procurando um meia ainda, mas não tem opções no mercado, e esperamos o retorno do Gabriel Xavier, que está fazendo muita falta. Com tranquilidade, vamos conseguir o nível que a torcida quer", completou o ídolo Rodrigo Fabri.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade