0

Preso por matar a mulher, campeão de boxe é encontrado morto

19 abr 2010
11h02
atualizado às 11h28

Campeão mundial dos pesos leves pelo Conselho Mundial de Boxe (CMB), o venezuelano Edwin Valero cometeu suicídio neste domingo. Informações da polícia local dão conta de que o corpo do atleta foi encontrado na cela em que foi detido no mesmo dia, após ele ter confessado o assassinato de sua mulher.

Segundo Wilmer Flores, diretor da Polícia Científica venezuelana, Valero se enforcou utilizando sua própria roupa. Ele foi encontrado pelos funcionários da prisão em que estava ainda com vida, morrendo pouco depois, já no hospital, asfixiado.

O pugilista estava detido desde domingo, depois que o corpo de sua mulher, Jennifer Carolina de Valero, 20 anos, foi encontrado em um hotel de Valência, no norte da Venezuela, com diversas perfurações. No mesmo dia, a polícia informou que Valero havia confessado o crime aos funcionários da prisão.

Valero, 21 anos, era o principal boxeador de seu país e encerrou sua carreira sem derrotas como profissional: em 27 lutas disputadas, todas foram ganhas por nocaute. Ele já havia se consagrado campeão mundial nos superpenas e detinha o cinturão da CMB no peso leve.

Por essa entidade, ele era considerado campeão em recesso, visto que, alegando uma lesão, solicitou permanecer por um tempo sem colocar a conquista em jogo.

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade