0

De olho no Brasileirão, Muricy admite necessidade de contratações

21 mai 2013
13h22
atualizado às 15h29

Após o vice-campeonato paulista, o Santos já concentra as suas atenções no Campeonato Brasileiro. Mesmo tendo pela frente a partida diante do Joinville, na próxima quarta-feira, às 22 horas (horário de Brasília), na Vila Belmiro, pela segunda fase da Copa do Brasil, o Peixe elabora o seu planejamento para o Brasileirão. Segundo o técnico Muricy Ramalho, o clube praiano precisa de novas contratações, para poder realizar uma boa campanha na Série A.

"Temos que sentar e conversar, mas ainda não conseguimos. Eles estão resolvendo outras coisas importantes e vocês sabem o que é (situação do atacante Neymar). Estou esperando o momento certo de eles sentarem comigo para conversar", explicou Muricy, reconhecendo que a prioridade, no momento, é definir a permanência ou a saída da Joia santista.

"Perder e receber jogadores é normal, sempre acontece. Mas temos de ser fortes. O Brasileiro é um campeonato importante, com cinco, seis meses de duração. Para aguentar, é preciso ter plantel. No momento certo, resolveremos isso", ponderou o treinador.

Além de Neymar, Muricy Ramalho deve ver o atacante André deixar a Vila. O centroavante tem conversas adiantadas para defender o Vasco, no Campeonato Brasileiro. O meia Felipe Anderson, na mira da Lazio (Itália), é outro que pode sair. O goleiro Rafael e o volante Arouca também podem ser assediados pelo mercado europeu - especula-se que a Roma (Itália) poderia investir na contratação da dupla -, na janela de transferências da metade do ano.

Por outro lado, o atacante Henrique, destaque do Mogi Mirim, já passou por exames médicos e deve assinar contrato nesta terça. O centroavante Willian José, que está no Grêmio, mas tem seus direitos federativos presos ao Deportivo Maldonado (Uruguai), é outro que deve chegar ao time alvinegro para a disputa da Série A.

Vale lembrar que o Santos estreia no Brasileirão, contra o Flamengo, no próximo domingo, às 16 horas (horário de Brasília), no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade