1 evento ao vivo

DM do Peixe confirma lesão de Geuvânio, mas esconde gravidade e prazo

4 set 2015
19h12
  • separator
  • 0
  • comentários

O Departamento Médico do Santos confirmou a previsão de lesão sofrida por Geuvânio na quinta-feira. O jogador sentiu uma fisgada, após uma arrancada, já nos minutos finais da partida contra a Chapecoense, na Vila Belmiro. Os exames realizados no atleta na tarde desta sexta detectaram uma lesão no músculo reto anterior da coxa direita e o camisa 11 já iniciou o tratamento no Cepraf. Porém, os médicos do clube mais uma vez optaram pelo mistério e não permitiram a divulgação do grau da lesão e sequer estipularam um prazo aproximado para a recuperação.

Problemas desta esfera podem ter graus 1, 2 ou 3, com a gravidade aumentando gradativamente. Em muitos casos no futebol, uma lesão de grau 3 já deixou jogadores afastados por até um mês. Se o problema for mais simples, em pouco mais de uma semana o jogador poderá voltar a trabalhar com o grupo.

A assessoria santista pôde apenas explicar que Geuvânio fará tratamento intensivo e deve passar por novos exames em até três dias. O procedimento é adotada para acompanhar de perto a evolução da lesão.

No momento que sentiu a coxa, Geuvânio deixou o jogo imediatamente. Como havia feito as três alterações permitidas, Dorival teve de acabar a partida com um homem a menos. No entanto, o jogo já estava definido e nos acréscimos.

Autor de um lindo gol, o segundo na vitória por 3 a 1 em cima do time de Santa Catarina, o jogador de 23 anos cumpriu suspensão no fim de semana passado, contra o Cruzeiro, e voltou ao time titular justamente nesta quinta. Na coletiva de imprensa depois da partida, Dorival esbravejou contra a maratona de jogos que as equipes estão sendo submetidas e mostrou muita irritação com a lesão de Geuvânio, para o treinador, claramente causada pelo desgaste excessivo.

Sem o Caveirinha, Leto Berola deve seguir entre os titulares. Leandro corre por fora por uma vaga na equipe principal, já que Marquinhos Gabriel seguirá atuando no lugar de Lucas Lima, enquanto o meia estiver servindo a Seleção Brasileira.

A boa notícia é o retorno de Gabriel neste domingo, contra o Sport Recife, em Pernambuco. O camisa 10 desfalcou o Peixe nas duas últimas rodadas por causa de um edema muscular sofrido aos 14 minutos do primeiro tempo, contra o Corinthians, na partida que classificou o time da Vila Belmiro às quartas de final da Copa do Brasil.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade