3 eventos ao vivo

Dorival fecha até o fim de 2017 e já comanda o Santos neste sábado

9 jul 2015
17h47
atualizado às 18h06
  • separator
  • 0
  • comentários

A negociação entre Santos e Dorival Jr perdurou por toda a tarde desta quinta-feira, na capital paulista. No fim, ficou acertado que o vínculo do novo técnico do clube será de dois anos e meio, sendo assim, até dezembro de 2017. O salário não foi confirmado pelas partes, mas gira em torno de R$ 200 mil, conforme revelou à reportagem o vice-presidente César Conforti, na noite de quarta.

A pedido do presidente Modesto Roma Jr, Dorival Jr não deve falar nesta quinta-feira, mas nesta sexta será apresentado oficialmente no CT Rei Pelé. O treinador sequer retornará para Florianópolis neste momento, onde agilizaria sua mudança, e já ficará direto na Baixada Santista. Antes de ser oficializado, Dorival já comandará seu primeiro treinamento junto ao elenco e ao lado de Marcelo Fernandes e Serginho Chulapa, que regressam às funções de auxiliares também nesta sexta.

Existia a possibilidade de Marcelo Fernandes comandar o Peixe no duelo deste sábado, contra o Figueirense, às 18h30, na Vila Belmiro. Porém, a hipótese já foi descartada e Dorival Jr fará sua reestreia pelo alvinegro praiano nesta 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar do contrato de dois anos e meio, vale lembrar que Dorival Jr não cumpriu este período estipulado em nenhum clube desde que deixou o próprio Santos, em 2010. O técnico passou por Atlético-MG (2010/2011), Internacional (2011/2012), Flamengo (2012/2013), Vasco (2013), Fluminense (2013) e Palmeiras (2014).

Pelo Verdão, seu último trabalho, foram apenas 20 jogos, com apenas seis vitórias, cinco empates e nove derrotas. Um aproveitamento de 38.3%, que evitou o rebaixamento do clube ao fim do ano, mas não foi suficiente para renovar seu contrato. Desde então, Dorival não treinou nenhuma outra equipe.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade