0

Espanhóis: atração em festa, Neymar é "controlado" pelo Barcelona

7 jan 2013
09h21
atualizado às 09h23
  • separator
  • 0
  • comentários

A imprensa espanhola segue cobrindo de perto os passos de Neymar. Nesta segunda-feira, o jornal catalão Mundo Deportivo classifica o atacante do Santos como uma “atração” na cerimônia de entrega da Bola de Ouro, honraria oferecida pela Fifa e pela revista francesa France Football ao melhor jogador do mundo. O brasileiro está na disputa do Prêmio Ferenc Puskas, concedido ao autor do gol mais bonito do ano.

Jornal espanhol destaca que Neymar coincidirá com a cúpula do Barcelona durante festa da Fifa
Jornal espanhol destaca que Neymar coincidirá com a cúpula do Barcelona durante festa da Fifa
Foto: Getty Images

Saiba tudo sobre a Bola de Ouro e vote no melhor de 2012

Em texto publicado em seu site, o diário destaca a delegação do Barcelona que estará presente na festa em Zurique nesta segunda-feira. Além do atacante Lionel Messi e do meia Andrés Iniesta, que brigam com o atacante Cristiano Ronaldo pela Bola de Ouro, o diário cita as presenças do zagueiro Gerard Piqué, do meio-campista Xavi Hernández e do presidente Sandro Rosell.

“Outro nome será o de Neymar”, escreve o diário. “Admirador de Messi, Iniesta e do Barça em geral, (ele) está controlado pelo clube azul e grená para aterrissar no Camp Nou a médio prazo. Seu encontro com os craques e a cúpula diretiva eleva o interesse da cerimônia desta tarde”, completa. Embora o brasileiro tenha contrato com o Santos até 2014, a imprensa catalã aponta que o Barcelona assegurou a preferência na contratação do atleta mediante um pagamento.

O jovem atacante, 20 anos, pode ganhar o Prêmio Ferenc Puskas pelo gol marcado diante do Internacional, pela Copa Libertadores da América de 2012. Ele concorre com Falcao García, do Atlético de Madrid, e Miroslav Stoch, do Fenerbahce. A escolha é realizada por enquete no site da Fifa.

Nesta segunda, o jornal catalão publica ainda que Josep Guardiola estará presente na cerimônia. O espanhol vive um ano sabático ao lado da família em Nova York desde que deixou o Barcelona, no fim da última temporada. Ele concorre com Vicente del Bosque, da seleção da Espanha, e com José Mourinho, do Real Madrid, pela indicação como o melhor treinador do mundo.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade