0

Interino breca "trégua física" a Montillo e já acena com mudanças no ataque

16 ago 2013
18h31
atualizado às 18h56
  • separator
  • comentários

O técnico interino do Santos, Claudinei Oliveira, recuou na ideia inicial de poupar o meia Walter Montillo para a partida contra o Bahia, neste domingo, às 18h30 (de Brasília), na Arena Fonte Nova, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador brecou a "trégua física" ao camisa 10 e ainda acenou que deve fazer mudanças ofensivas equipe, sétimo pior ataque da competição.

<p>Meia Montillo não será poupado para a partida contra o Bahia; camisa 10 foi confirmado pelo interino, que acena com outras mudanças</p>
Meia Montillo não será poupado para a partida contra o Bahia; camisa 10 foi confirmado pelo interino, que acena com outras mudanças
Foto: Ricardo Saibun/Santos FC / Divulgação

"Ele (Montillo) está muito afim de jogar, sabe do momento e da importância dele. Independentemente disso, os testes (que medem o desgaste) foram bem razoáveis. Então, a princípio, não vamos poupá-lo. A situação agora não é para poupar ninguém. O Montillo vem bem. Para algumas posições temos mais reposição, mas não é o caso dele, que já se colocou à disposição. Os testes foram positivos e espero que possa nos ajudar com uma grande atuação", disse o treinador.

Diferente do jogador, que vive nova fase no Santos, o ataque marcou somente dois gols nos últimos cinco jogos e virou alvo de críticas. A equipe já não vence há cinco partidas na competição nacional.

"Sempre estudamos a possibilidade (de alterações). Ficamos pensando, mas preciso ver, primeiro, o adversário. Como sempre falo, tem sempre sete ou oito que não mexo, mas ainda precisamos ver", afirmou.

"Depois da entrada do Alison a defesa já melhorou bastante, agora precisamos achar uma formação ofensiva que nos dê possibilidade de fazer mais gols, sem abrir mão de um sistema defensivo sólido. Queremos buscar vitórias com equilíbrio", completou.

Desde a saída de Neymar para o Barcelona, da Espanha, Montillo assumiu papel de protagonismo na equipe e ganhou a liberdade do antigo astro. Com Claudinei, o argentino marca menos e tem o aval para criar mais jogadas.

O Santos treina na manhã deste sábado e segue para Salvador, onde atuará contra o Bahia. Após o jogo, a equipe só volta a treinar na terça. O provável time terá: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Durval e Mena; Alison (Renê Júnior), Alan Santos, Cícero e Montillo; Neílton (Thiago Ribeiro) e Willian José (Giva).

Fonte: K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME
  • separator
  • comentários
publicidade