1 evento ao vivo

Interino do Santos minimiza jejum de vitórias e nega luta contra rebaixamento

19 ago 2013
14h07
atualizado às 14h18
  • separator
  • comentários

O técnico interino do Santos, Claudinei Oliveira, defendeu a sua equipe de críticas após mais um empate, por 0 a 0 contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro. O comandante santista alegou que o jejum de seis jogos sem vencer na competição não justifica o atual futebol apresentado por seus jogadores e não acredita que o time, atual 15º colocado, iniciará uma luta para escapar da zona do rebaixamento.

<p>Sem vencer há seis partidas no Brasileiro, Claudinei Oliveira diz que time tem produzido, mas que precisa voltar a vencer jogos em casa</p>
Sem vencer há seis partidas no Brasileiro, Claudinei Oliveira diz que time tem produzido, mas que precisa voltar a vencer jogos em casa
Foto: Fernando Borges / Terra

"Futebol, infelizmente ou logicamente, se analisa em cima de resultado. Jogamos contra o Coritiba e era para termos vencido porque fomos claramente melhores. Diante do Corinthians também fomos melhores. Contra o Vasco o placar foi justo pelo que eles apresentaram, mas tivemos a chance de matar a partida, e acabamos tomando o gol no fim. Então, a equipe não está jogando mal. Estamos criando chances, principalmente em casa. O problema é que deixamos escapar os pontos", disse o treinador.

Desde a histórica derrota por 8 a 0 para o Barcelona, da Espanha, no último dia 2, válida pelo Troféu Joan Gamper, a equipe jogou quatro vezes e empatou todas. A sequência negativa na competição nacional aumenta devido a mais um empate, diante do Coritiba, e derrota para a Ponte Preta dias antes da viagem a Espanha.

O Santos só tem dois pontos de vantagem para o Criciúma, 17º colocado, com 14 pontos, primeiro na zona do rebaixamento. A contrapartida é que possui duas partidas a menos, que jogará diante de Náutico e Internacional.

"Acredito que, com a equipe que a gente tem, dificilmente vamos ficar na zona de rebaixamento, mas isso o que vai mostrar é cada jogo. Não adianta falar, temos que agir e conseguir os pontos que nos tire dessa situação", argumentou.

A equipe não treina nesta segunda-feira e volta a atuar já na quarta, diante do Grêmio, às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Fonte: K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME
  • separator
  • comentários
publicidade