0

Muricy exalta herói, admite Santos burocrático e critica expulsões

22 mar 2013
00h07
atualizado às 00h35
  • separator
  • 0
  • comentários

Muricy Ramalho exaltou a atuação do jovem Giva, responsável pelos dois gols na vitória por 2 a 1 do Santos contra o Mirassol, nesta quinta-feira, na Vila Belmiro. O técnico, no entanto, admitiu o futebol abaixo da média apresentado por sua equipe e criticou as expulsões do meia Felipe Anderson e do atacante Patito Rodríguez, que aumentaram para cinco o número de desfalques confirmados para o clássico contra o Palmeiras, no domingo.

<p>Em jogo no Estádio Barão de Serra Negra, XV de Piracicaba e Corinthians empataram por 1 a 1 pela 13 rodada do Campeonato Paulista</p>
Em jogo no Estádio Barão de Serra Negra, XV de Piracicaba e Corinthians empataram por 1 a 1 pela 13 rodada do Campeonato Paulista
Foto: Célio Messias / Gazeta Press

"O Giva está crescendo por isso o treinador o escalou. Entrou bem na última vez e foi bem novamente. Essa é a diferença para os demais. Ele está merecendo", afirmou o treinador para amenizar a atuação pouco convincente do Santos.

"Acho que o importante é vencer. O mais importante é isso, pois não jogamos tão bem. Futebol é assim, mas no mata-mata a gente espera chegar melhor. Os jogadores que não estiveram fizeram falta. O time não está entrosado, então valeu a vitória", completou.

Para o jogo, o técnico não pôde contar com Neymar e Montillo, a serviço das seleções brasileira e argentina, respectivamente, além do volante Marcos Assunção e do lateral esquerdo Emerson Palmieri, machucados, e o meia Cícero, suspenso.

No clássico, Muricy terá a volta de Cícero e, talvez, de Emerson Palmieri, mas perde Felipe Anderson e Patito.

"A expulsão do Felipe eu não vi, mas a do Pato ele foi imprudente. Não precisava dar o carrinho. Sempre falo para ficar só na frente da bola, dar o carrinho não tinha nada a ver. O Felipe precisa tomar mais cuidado, levou um cartão no primeiro tempo", concluiu.

Com a vitória, o Santos passou a vice-liderança do Campeonato Paulista, com 27 pontos, mesmo número da Ponte Preta, terceira colocada. O líder da competição é o São Paulo, com 29 e uma partida a menos no Estadual.

Fonte: K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade