2 eventos ao vivo

Neymar pede liberação da Seleção para se despedir da Vila no sábado

26 mai 2013
22h40
atualizado em 27/5/2013 às 00h03

Neymar não quer que sua despedida do Santos tenha sido no empate sem gols com o Flamengo, neste domingo, em Brasília. O atacante solicita à Seleção Brasileira que seja liberado para enfrentar o Grêmio no sábado, pelo Campeonato Brasileiro, e possa dar adeus ao clube atuando na Vila Belmiro.

A revelação do pedido do astro foi feita por seu empresário, Wagner Ribeiro, durante sua participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, neste domingo. "Só depende da CBF. Se a CBF liberar, possivelmente seu jogo de despedida na Vila será no próximo sábado", informou Ribeiro.

De acordo com o agente, a solicitação de uma partida no estádio do Peixe foi definida ainda na madrugada de sexta-feira. "É a vontade do Neymar essa despedida na Vila, e do presidente e dos diretores do Santos", afirmou Wagner Ribeiro.Caso a Seleção libere o camisa 11, é possível que o jogador entre em campo dois dias seguidos, já que a equipe de Luiz Felipe Scolari enfrentará a Inglaterra no amistoso de reinauguração do Maracanã no próximo domingo. O atleta vai se apresentar ao time nacional na terça-feira, no Rio de Janeiro.

Embora já tenha anunciado que assinará contrato com o Barcelona nesta segunda-feira, Neymar ainda continuaria com condições de defender o Santos pelo Campeonato Brasileiro caso a data de início do vínculo de cinco temporadas com o clube catalão seja depois da partida de sábado. "Ele está registrado, seria tudo normal", disse Wagner Ribeiro.

Caso realmente enfrente o Grêmio, Neymar fará seu jogo de despedida exatamente diante do último treinador que o deixou no banco de reservas. Wanderley Luxemburgo, agora à frente do clube gaúcho, chegou a chamar o atacante de "filé de borboleta" ao não usá-lo como titular no Brasileiro de 2009.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade