1 evento ao vivo

Santos planeja desfile em carro aberto para celebrar octacampeonato

15 dez 2010
14h11
atualizado às 16h57
Diego Garcia
Direto de Santos

O Santos planeja organizar um desfile em carro aberto para celebrar a conquista do octacampeonato brasileiro, que deve ser homologado em breve pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A entidade irá ceder ao apelo dos clubes vencedores das Taças Brasil (entre 59 e 68) e Torneios Roberto Gomes Pedrosa (entre 67 e 70) e deve reconhecê-los como legítimos campeões nacionais.

"Queremos fazer um desfile em carro aberto que percorrerá as ruas da cidade de Santos mostrando as taças desses oito campeonatos. Pretendemos exibí-los em nosso Memorial das Conquistas e convidar todos os ex-campeões para receberem o carinho do público, passando pela praia, pelas avenidas da cidade e, enfim, comemorando esses títulos da forma que eles devem ser celebrados", afirmou o presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro.

"Estamos organizando essa festa, só estamos aguardando a homologação da CBF para podermos concretizar os preparativos finais. Já conversamos com o prefeito, com nosso diretor responsável e também com o Murilo Barletta (diretor de futebol feminino), que está dando apoio nessa organização", acrescentou.

Nos últimos dias, foi divulgada a informação de que a CBF optaria por considerar os vencedores daqueles campeonatos como equivalentes aos campeões do atual formato do Campeonato Brasileiro.

Dessa forma, Santos (cinco Taças Brasil e um Robertão), Palmeiras (duas Taças Brasil e dois Robertão), Botafogo (um Robertão), Fluminense (um Robertão), Cruzeiro (uma Taça Brasil) e Bahia (uma Taça Brasil) poderão "somar" aos seus quadros novas conquistas nacionais.

O presidente também confessou que deve, na mesma data em que irá organizar a festa de comemoração, apresentar o elenco que disputará a temporada 2011 pelo clube.

"Isso (o desfile) deve acontecer no começo de janeiro, quando vamos apresentar o elenco de 2011 e também celebrar essa festa junto a nossa torcida e aos nossos ídolos que merecem isso. Zito, Pelé, Pepe, Mengálvio, Coutinho, entre outros, ainda vamos avisá-los sobre isso", disse o mandatário.

O ex-jogador Lima, que venceu as Taças Brasil de 1961,62, 63, 64 e 65 e o Roberto Gomes Pedrosa de 68 com o Santos, é um dos que se empolgaram com a possibilidade de festejar os títulos.

"É algo digno de comemoração mesmo. Foram conquistas muito importantes e essa unificação faz justiça não só aos jogadores campeões, mas também ao clube. Com certeza, estarei nessa festa", disse.

"Fico feliz, é um reconhecimento por esses feitos que nós conquistamos no campo, de maneira merecida. Não fizemos isso por meio de tapetão, advogados ou essas coisas, nós ganhamos dentro dos gramados. Se eu estiver em Santos, com certeza vou participar dessa festa", acrescentou Pepe, que participou de todos os primeiros seis troféus.

Com a provável homologação, o Santos passa a ser o detentor do maior número de troféus brasileiros em todos os tempos, ao lado do Palmeiras, com oito conquistas. Além dos seis títulos dos anos 60, a equipe alvinegra também venceu o campeonato nacional em 2002 e 2004.

"A confirmação de que a CBF aceita que os títulos ganhos pelo Santos e outros clubes, anteriores a 1971, recolocam as coisas no lugar certo. O Santos é até o fim do mês um octacampeão brasileiro ao lado do Palmeiras. Fomos ao Ricardo Teixeira levar o dossiê e ele disse que pela primeira vez a discussão vira algo formalizado, requerendo a revisão da questão. Está na hora de se repor a verdade e proclamar oficialmente os títulos que ganhamos na década de 60", completou Luís Álvaro.

Fonte: Especial para Terra
publicidade