2 eventos ao vivo

Sem Cleiton, Palmeiras promete novo estilo contra o Santos

16 abr 2009
10h11

O Palmeiras terá um tempo reduzido de recuperação depois do empate contra o Sport. No sábado, a equipe da capital paulista decide a vaga na final do Campeonato Paulista contra o Santos, no Palestra Itália, com um grande desfalque: Cleiton Xavier. A ausência do maior assistente da temporada faz o técnico Vanderlei Luxemburgo pensar até em mudanças na forma de jogar. O substituto deve ser mantido como mistério até momentos antes de a bola rolar.

» Diego Souza deixa Palestra frustrado
» Veja as últimas do Palmeiras

"Vamos ter que atuar de maneira diferente sem o Cleiton, só não posso me prender a isso. Temos que acreditar que podemos passar", decretou o treinador.

Junto com Cleiton Xavier, o Palmeiras amarga a ausência de uma das peças experientes de seu elenco. O zagueiro e volante Edmilson sofreu uma fratura no cotovelo. A operação no local vai deixar o atleta fora dos gramados por dois meses.

Com tantos problemas, o Palmeiras ainda será obrigado a reverter a derrota por 2 a 1 na Vila Belmiro. Luxemburgo prevê dificuldades, mas acredita na reviravolta no Palestra Itália.

"Sábado será duro, mas só depende de nós. Com uma vitória simples, estamos dentro. Nosso adversário vai se fechar, buscar o contra-golpe. Precisamos que a bola não bata em um, em outro, e sobre para o nosso adversário", afirmou o técnico, em referência ao gol sofrido contra o Sport na quarta-feira.

No confronto do Estadual, Luxemburgo ressalta que o Palmeiras está em boa situação, mesmo em desvantagem. "Eu esperava levar de mais na Vila Belmiro. Nosso time deu prova de maturidade, já que vínhamos da partida contra o Sport, na Ilha do Retiro", encerrou.

Fonte: Gazeta Press
publicidade