0

América-MG supera São Caetano e se aproxima do G-4 da Série B

13 ago 2013
21h29
atualizado às 21h41
  • separator
  • comentários

O torcedor do América-MG que marcou presença nesta terça-feira, no estádio Independência, presenciou uma boa partida do time, que apresentou um futebol de muita movimentação contra o São Caetano. A luta do América-MG no jogo foi premiada com uma vitoria por 2 a 1, reabilitando os mineiros após a derrota contra o ASA.

Brasileiro Série B 2013Rodada 15

América-MGamgAmérica-MG2
1São CaetanoSão Caetanoads

  • Rodriguinho 15 ' (1T)
  • Tiago Alves 26 ' (2T)
  • Wagner Carioca 39 ' (2T)
2013-08-13 22:30 GMT-000 (D) FinalizadoIndependência

O primeiro gol do jogo foi anotado pelo armador Rodriguinho, que recebeu passe de Vitor Hugo, puxou para a canhota, e conseguiu bater no canto esquerdo. No segundo tempo Tiago Alves ampliou o placar após contra-ataque fulminante e Wagner Carioca fez o gol de honra do Azulão. Com o resultado, o América-MG chegou aos 25 pontos, assumindo o quinto lugar na Série B e com boas chances de alcançar o G-4 na próxima rodada.

Na sequência da Série B do Campeonato Brasileiro, o América-MG terá novo compromisso no estádio Independência. O Coelho vai receber o xará potiguar, jogo marcado para o próximo sábado. Já o São Caetano vai duelar contra o Boa Esporte, partida marcada para o Anacleto Campanella.

O jogo

Atuando em casa, o América-MG iniciou a partida com mais volume de jogo que o São Caetano e encontrou facilidade para passar a defesa visitante. Estreando no Independência, o avante Marcão teve boa chance em finalização cruzada dentro da área, mas o goleiro Rafael Santos trabalhou bem, mandando para escanteio.

Mesmo sem o entrosamento ideal com os companheiros, Marcão mostrou que será muito útil ao Coelho. O jogador se movimentou bastante e quase surpreendeu em arremate de média distância, que passou muito perto da trave esquerda. Pressionando bastante o time do ABCD paulista, os americanos conseguiram envolver o São Caetano, criando boas oportunidades de abrir o placar.

De tanto insistir, o América-MG conseguiu balançar as redes com o armador Rodriguinho, que aos 14, recebeu passe de Vitor Hugo, puxou para a canhota, mesmo pressionado pelo marcador conseguiu bater no cantinho esquerdo, da entrada da área. Somente após sofrer o gol é que o São Caetano resolveu adiantar as linhas de marcação, criando algumas chances no jogo.

Apesar de ter melhorado no jogo, o time do interior paulista não conseguiu igualar as ações, com o Coelho mais próximo de dilatar o marcador que o São Caetano de chegar ao empate. Prova disso foi a conclusão de Marcão, que aproveitou vacilo de Douglas e tentou surpreender Rafael Santos, que fez grande defesa.

A melhor oportunidade dos visitantes no primeiro tempo foi em chute de fora da área de Pirão, com a bola passando perto da trave de Matheus. Aos 39min, o São Caetano ainda teve chance de empatar com Giancarlo, que desviou bola dentro da área e obrigou o goleiro americano a fazer boa defesa.

Na volta para a etapa complementar, a partida apresentou um cenário mais equilibrado que nos 45 minutos iniciais, mas o América-MG mostrou mais qualidade na troca de passes, o que deixou a equipe em vantagem. O nervosismo dos jogadores e da comissão técnica alviverde contra as decisões da arbitragem também marcou o segundo tempo.

Aparecendo como elemento surpresa, o volante Andrei Girotto quase marcou em tiro de longa distância, que obrigou o goleiro Rafael Santos a se esticar todo para mandar para escanteio. Aos 19, Rodriguinho foi à linha de fundo e cruzou na medida para o atacante Nikão, que fez uma jogada de cinema, concluindo o lance de meia bicicleta que parou no arqueiro do São Caetano.

A jogada acordou a torcida americana que passou a apoiar o time, e como prêmio comemorou o segundo gol do América anotado aos 27min, por Tiago Alves, que aproveitou contra-ataque em velocidade para finalizar com perfeição na saída do goleiro. Ainda teve tempo para aos 39min, Wagner Carioca descontar com um belo gol em cobrança de falta, sem chances para Matheus, marcando o gol de honra dos paulistas.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade