0

Capitão do primeiro título Mundial, Bellini morre em São Paulo

20 mar 2014
19h30
atualizado às 19h59

O ex-zagueiro da Seleção Brasileira e capitão da equipe campeã mundial em 1958, na Suécia, Bellini, faleceu na noite desta quinta-feira, em São Paulo, onde estava internado desde o início da semana.

Hideraldo Luís Bellini, de 83 anos, foi o primeiro jogador a levantar o troféu de campeão mundial, eternizando o gesto, que tem sido repetido desde então.

O enterro de Bellini será realizado nesta sexta-feira, em sua cidade natal, Itapira, no interior de São Paulo. Além de defender a Seleção Brasileira por dez anos (1957-1966), Bellini teve passagens de muito sucesso pelo Vasco e pelo São Paulo, encerrando a carreira no Atlético-PR.

Há cerca de dez anos, Bellini sofria de Mal de Alzheimer, doença degenerativa que afeta o cérebro, e as idas ao hospital se tornaram mais comuns. Nesta quinta, ele não resistiu.

Além de conquistar a Copa de 1958, como capitão, o zagueiro central também foi campeão do mundo em 1962, no Chile.

Homenagem do Maracanã - O Maracanã, um dos estádios em que Bellini mais atuou, com a camisa do Vasco, vai prestar uma homenagem ao capitão, iluminando a cobertura do estádio nas cores verde e amarela.

O gesto de levantar o troféu do zagueiro está eternizado em frente ao Maracanã, com uma estátua localizada em frente ao portão D, local conhecido como a Rampa do Bellini.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade